Wilder Morais, Iris Rezende e Ronaldo Caiado acertaram os termos da reabertura do comércio. Especula-se que houve também o “entendimento” para formação a chapa que coloca no mesmo palanque prefeito e governador nas eleições em Goiânia.

Com transmissão ao vivo pelas redes sociais oficiais do Governo de Goiás, o governador Ronaldo Caiado anuncia nesta segunda-feira, dia 13, a partir das 9 horas, o decreto com as normas e protocolos para a reabertura do comércio e algumas atividades. O novo decreto passa a valer a partir de terça-feira, dia 14.

Wilder será o vice de Iris? É o que se especula depois da articulação para reabertura do comércio – Foto: Secom

A reabertura foi fruto de uma articulação que envolveu o prefeito Iris Rezende (MDB) e do  empresário  ex- secretário de Indústria e Comércio Wilder Morais (PSC).  Ambos ouviram as ponderações do setor empresarial para que aja flexibilização das atividades durante a pandemia do coronavírus.

A expectativa é que o decreto envolva a abertura de bares, restaurantes e das atividades de shoppings e dos lojistas da Avenida 44.

Wilder Morais é pré-candidato a prefeitura de Goiânia e a sua participação nas negociações abrem caminho para especulações. Seria ele  indicado para a vice de Iris, com apoio do setor empresarial?

Na reunião articulada por Wilder participaram os empresários Carlos Luciano (Grupo Novo Mundo), Fernando Maia (Associação Brasileira de Shoppings), Luis Alberto (Organização das Cooperativas do Brasil), Agenor Braga (FCDL), Roberto Elias (ADEMI), Rubens Filleti (ACIEG), Eduardo Gomes(Sindilojas). De acordo com ex-secretário,  o encontro marcou uma nova fase no relacionamento do governador com as entidades classistas. Os termos do decreto, que o governador e  prefeito assinam nesta segunda-feira podem confirmar se Wilder está certo.