Goiânia, polo no setor de joias e semijoias, conta com mais de 50 empresas que fabricam e comercializam produtos para o Brasil e exportam para a América Latina e até Europa.

Renato Dias
Fundado em edital lançado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás, a Fapeg, Roney Correa, engenheiro de Software, Paulo Medeiros, mestre joalheiro, e Wander Kenne, especialista na área de gestão e vendas no Brasil e Estados Unidos, participaram e obtiveram destaque no Programa de Ideias Inovadoras. Do Ministério da Ciência e Tecnologia/ FINEP/ CNPq /FAPEG. É o Centelha Goiás. Com um total de 900 projetos inscritos. De múltiplas áreas.

Uma união para lá de improvável. Apesar disso, deu certo. O que? O estabelecimento de uma relação para produção de ciências & negócios entre um expert em computação e automação, com um mestre joalheiro e um gestor de negócios. Assim nasceu a MaxInject. Trata-se de um programa revolucionário. Contemporâneo da modernidade. Inovador. Foco: para atender as necessidades do segmento industrial do setor de joias e semijoias. No Estado de Goiás e Brasil
Focar indústrias
A estratégia é focar indústrias de joias e semijoias, explica Wander Kenne. O diferencial seria a
qualidade na injeção das peças, observa. Além da modelagem, pontua. Assim como a precisão & excelência na produção até a entrega do produto final, sublinha o pesquisador. Requisitos básicos para atingir o sucesso, registra o empreendedor estimulado pela Fapeg, Governo de Goiás e Ministério da Ciência e Tecnologia. O resultado é concepção da Injetora MaxInject, diz.

– Após dois anos de pesquisas e desenvolvimento de protótipos, o trio concluiu a versão final. Agora épreparar para o início de fabricação em Goiás.
Ranking mundial
O Brasil é um dos 15 maiores produtores de joias em ouro do mundo, informa. Vinte toneladas de peças criadas e comercializadas por cerca de três mil empresas no setor em atividade, diz Wander Kenne. Elas faturam R$ 600 milhões, conta. Dados do Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos. Goiânia, polo no setor, conta com mais de 50 empresas que fabricam e co¬mercializam produtos para o Brasil e exportam para a América Latina e até Europa, ele narra.
Serviço:
Veja o material apresentado:

Roney Correa. Engenheiro de Software, desde os 14 anos de idade já se envolvia no mundo da Eletrônica e foi auto didata nesta área.
Aficionado por Aviação, começou como hobby aos 35 anos, habilitado a voar, com pouco tempo fabricou seu próprio Ultra Leve.
Na área da Mecânica e automação o aprendizado ocorreu mais recente, onde faz projetos de peças em 3D e programação de máquinas.
Profissional tem 38 anos de experiência em Análise de Sistemas e programação. Atuou com líder de projetos em Sistemas pela IBM nos EUA, EUROPA E ASIA por quase 15 anos.

Paulo Medeiros, mestre joalheiro possui mais de 35 anos dedicado á fabricação de jóias no Brasil , Estados Unidos e países do norte da áfrica.
Foi consultor da ONU/ PNUD – na implementação de centros de formação para joalheiros no norte da Africa ( Argélia ).
Criativo e com requinte apurado na concepção e fabricação de joias, tem primor por acabamento e perfeccionismo nos detalhes.

Wander Kenne mais de 30 anos de experiência na área de gestão e vendas no Brasil e Estados Unidos. Foi diretor Comercial em Empresas de Software em Goias e São Paulo. Atuou por 4 anos nos Estados Unidos como Consultor em Projetos e Outsourcing de mão de obra especializada.