Ana Lúcia da Silva  dá palestra nesta terça-feira, 4/6, onde aborda projeto de mudança na Previdência Social e depressão econômica.

 

Renato Dias

A doutora aposentada da Faculdade de História da Universidade Federal de Goiás [UFG], Ana Lúcia da Silva, ex-integrante da Executiva Nacional da Central Única dos Trabalhadores, a CUT, central sindical fundada em 26 de agosto do ano turbulento de 1983, que estudou no Chile, irá proferir, hoje, nesta terça-feira, 4 de junho de 2019, às 19h, no auditório da instituição de ensino superior, em Goiânia, uma conferência. O tema é ‘explosivo’. As conexões entre a Reforma da Previdência Social enviada por Jair Messias Bolsonaro, presidente da República, ao Congresso Nacional, além de Dívida Pública e Juventude.  Com a perspectiva de destruição de direitos sociais. A pesquisadora deve abordar ainda as manifestações ocorridas em 15 e 30 de maio e a proposta e ensaio para a greve geral dos trabalhadores programada para 14 de junho.

Indicadores econômicos

A dívida pública corresponderia, hoje, a 78% do PIB. O Produto Interno Bruto. A soma de todas as riquezas produzidas no e pelo Brasil. Um País de dimensão continental. A Câmara dos Deputados examina, hoje, o Projeto de Emenda Constitucional do Palácio do Planalto para mudar a Previdência Social. As centrais sindicais, UNE, UBES, MST, MTST, movimentos sociais urbanos e rurais já preparam a paralisação para o próximo dia 14. Duas manifestações de professores, servidores e estudantes, com o suporte das  legendas de esquerda,  ocorreram em 26 estados e no Distrito Federal. PT, PC do B, Psol, PCB, PCO, Unidade Popular – PCR, PSTU ocuparam as ruas com cartazes, bandeiras, palavras de ordem e carros de som. Mais:  contra as medidas anunciadas pelo Governo Federal. Fundadas na Escola Liberal de Chicago [EUA].

Serviço:

Conferência: Reforma da Previdência Social, Dívida Pública e Juventude

Professora: Ana Lúcia Silva – Doutora em História

Data: Nesta terça-feira, 4 de junho de 2019, hoje

Horário: 19h

Local: Faculdade de História

Instituição de Ensino: Universidade Federal de Goiás

Entrada: Gratuita