Prefeito inaugura na próxima quarta-feira (19) o Hospital Municipal e no dia 15 de janeiro o Centro de Especialidades, garantindo UTI´s, cirurgias e atendimento especializado para os aparecidenses


Durante o lançamento da pedra fundamental da nova sede da Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia, o prefeito Gustavo Mendanha (MDB) anunciou que inaugura na próxima quarta-feira, 19/12, o Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia e no dia 15 de janeiro o Centro de Especialidades. As duas unidades de saúde representam um salto de qualidade no atendimento de saúde à população do município.

 

“Termos uma grande obra a ser entregue, talvez a mais importante na área de saúde, que é o Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia. Foram dois anos de muita luta, indo a Brasília falar com os ministros. Tive o privilégio de falar com o presidente Michel Temer para discutir sobre o hospital municipal, e no dia 19, damos início a algumas etapas, para que o município possa estar absorvendo toda a saúde em Aparecida de Goiânia”, relata.

 

No dia 15 de janeiro, o prefeito também confirmou a entrega outra obra importante que é o Centro de Especialidades do Jardim Boa Esperança, que recebeu no último dia 12  a destinação da emenda legislativa no valor de R$ 2,7 milhões do deputado estadual Luiz César Bueno (PT). O recurso será usado para a compra de equipamentos.

“Essas duas obras irão qualificar muito os serviços de assistência médica , oferecendo a oportunidade às pessoas que estão na fila necessitando de uma UTI, e que ficam ainda dependendo da rede de Goiânia ou de instituições privadas para atendimento especializado. Com estes investimentos toda esta regulação estará nas mãos do município”, esclarece.

Balanço
Gustavo Mendanha fez um balanço dos investimentos de sua administração na área de saúde. Lembrou que nos últimos dois anos inaugurou três UPAs (Unidades de Pronto Atendimento à Saúde), 39 UBS (Unidades Básica de Saúde) e três CAPs (Centro de Atenção Psicossocial), que se juntam ao Hospital Municipal e ao Centro de Diagnóstico e Especialidades.

 

“Hoje temos a UBS que é de atendimento primário, as Upas, que são de urgência e emergência, e nós dependíamos do setor privado ou da rede estadual em Goiânia ou no Huapa (Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia), para ter toda a rede de saúde no município. A partir de agora teremos 200 leitos convencionais, 30 leitos de UTI, 20 salas de cirurgias, e iremos dar um salto na saúde aparecidense. Eu enquanto prefeito, o vice-prefeito Veter Martins e os vereadores iremos deixar um legado, que com certeza será este de dar um passo muito importante de melhorar a saúde do povo de Aparecida”, enfatiza.

 

Estrutura
O Hospital Municipal possui 21 mil metros quadrados, 230 leitos, área de pronto-atendimento, atendimento de urgência e de apoio terapêutico, ambulatório, apoio diagnóstico, raio-x, eletrocardiografia, ultrassonografia, endoscopia, tomografia computadorizada, laboratório, apoio técnico e administrativo, apoio logístico, farmácia, serviço de nutrição e dietética, lactário, internação geral (adulta e pediátrica) e centro cirúrgico com 10 salas.

 

Já o Centro de Diagnósticos e Especialidades, localizado no Jardim Boa Esperança, tem mais de 6 mil m² edificados. No local devem ser realizadas mais de 15 mil consultas por mês. Além de clínico geral, ginecologista e pediatra, atendimentos em mais de vinte especialidades médicas estarão disponíveis no espaço. São eles: alergista, angiologista, cardiologista, cirurgião geral, coloproctologista, dermatologista, endocrinologista, gastroenterologista, geriatra, mastologista, nefrologista, neurologista, neuropediatra, nutrólogo, psiquiatra, oncologista, ortopedista, otorrinolaringologista, oftalmologista, urologista, entre outros. Psicólogo, nutricionista, fisioterapeuta, acupunturista, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional e psicopedagogo também realizarão consultas.

Sírio Libanês
O prefeito Gustavo Mendanha também destacou os investimentos em treinamento do pessoal de saúde, destacando com convênio com o técnicos do Hospital Sírio Libanês, da cidade de São Paulo. “Só neste ano nós investimos mais de R$ 400 mil na qualificação de nossos profissionais. Hoje nós temos em Aparecida de Goiânia professores do Hospital Sírio Libanês nas três Upas, qualificando e capacitando o profissionais da área de saúde. Vamos estender este trabalho para as UBS, para os centros de referência de saúde, e com isto, além de investir na capacitação do profissional, e também em equipamentos, estamos buscando o que há de melhor, que tem mais expertise no país, para qualificar os nossos profissionais de saúde de Aparecida de Goiânia. No final de toda esta qualificação, as nossas UPAs terão o selo do Hospital Sírio Libanês, e fico feliz em fazer estes investimentos para salvar vida, para humanizar o atendimento e para marcar história com relação a saúde aparecidense”, conclui.