As 7,2 mil doses de vacinas disponíveis no município serão aplicadas in loco nas unidades de saúde e nos abrigos de idosos da cidade pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde (SMS)

Foi iniciada nesta quarta-feira, 20, às 8h30, a vacinação contra a Covid-19 em Aparecida de Goiânia. Nesta primeira fase serão imunizados profissionais de saúde que atuam diretamente no tratamento de pacientes com Coronavírus, além de idosos e pessoas com deficiência que vivem em instituições de longa permanência. A vacinação foi aberta pelo prefeito Gustavo Mendanha e pelo governador Ronaldo Caiado no Hospital Municipal de Aparecida (HMAP), no Setor Cidade Vera Cruz, e contou com a presença dos secretários de Saúde de Aparecida, Alessandro Magalhães, e do Estado de Goiás, Ismael Alexandrino.

O governador, que é médico, aplicou a primeira dose na técnica em enfermagem do HMAP Antônia Francisca Monteiro Bastos Silva, de 48 anos de idade. Em seguida, foram vacinados o motorista do Samu, Sandro Vieira coelho, também de 48 anos, a técnica em higienização hospitalar, Joselina da Cruz Tavares Rodrigues, 57 anos, o maqueiro Valdivino Adão Santana da Silva, 38 anos, e o motorista de ambulância sanitária João Pociano Ezequiel, de 68 anos. Ainda nesta manhã, uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) também realizou a imunização dos moradores do Abrigo de Idosos José Florêncio Sobrinho, no Jardim Riviera.

A expectativa da diretora de Imunização da Secretaria de Saúde de Aparecida, Renata Cordeiro, era de aplicar, somente nesta quarta-feira, 20, 1.400 doses da vacina, ao percorrer quatro unidades de saúde e três abrigos de idosos da cidade. “Dividimos as unidades de saúde e também as instituições de idosos e deficientes físicos. Nesses locais, vacinamos 100% do público residente”, comentou ela.

Esperança

Bastante emocionada, a servidora da área de higienização do HMAP, Joselina da Cruz Rodrigues, disse que não conseguiu dormir a noite por conta da ansiedade em ser vacinada. “Foram dias a mil, e fiquei tão ansiosa que não consegui dormir. E digo para as pessoas que se vacinem quando for possível. Só agradeço a Deus por receber essa vacina, pois tem quase um ano que estamos nessa luta e no medo da doença”. A técnica de enfermagem, Antônia Francisca comentou que estava muito feliz por viver esse dia histórico em Aparecida.

“Estou feliz por mim e por toda a população que agora a vacina chegou. Espero que todos recebam a vacina o mais rápido possível”, pontuou ela que conseguiu o primeiro emprego como técnica de enfermagem no HMAP no início da pandemia. “Vivemos dias difíceis em 2020 e agora renasce essa esperança. Vai dar tudo certo”, foi com essa frase que o motorista de SAMU explanou a felicidade de ser um dos primeiros a receber a primeira dose da vacina.