O  dia de hoje foi de boas notícias para os aparecidenses: parceria entre o prefeito Gustavo Mendanha (MDB) e o governador Ronaldo Caiado (DEM) garante benefícios para o município.

Nesta terça-feira o prefeito Gustavo Mendanha e governador Ronaldo Caiado vistoriaram obras do Linhão Central, em Aparecida.

Mais de 370 mil aparecidenses terão o abastecimento de água regularizado definitivamente dentro de seis meses, quando a Saneago concluir, em janeiro de 2021, as obras dos Linhões Central e Sul.  Esta é a meta do presidente da Saneago, Ricardo Soavinski.

Habitação

Na sequência, prefeito e governador assinaram termo com   Agência Goiana de Habitação (Agehab) autorizarando a retomada das obras do condomínio habitacional Chácara São Pedro, no município.

A ordem de serviço foi assinada no próprio empreendimento  com a presença do governador Ronaldo Caiado, do prefeito Gustavo Mendanha, do vice-prefeito Veter Martins, do presidente da Agehab, Lucas Fernandes, e do superintendente da regional da Caixa Econômica Federal, Evandro Narciso de Lima.

Com 60% de obra executada, o empreendimento de 900 apartamentos está dividido em três residenciais, cada um com 25 torres que abrigam 300 apartamentos. São três pisos, com quatro apartamentos por andar, de 56m²– sala-copa, dois quartos, cozinha, banheiro, vaga na garagem e áreas de convivência social. Serão investidos pelo convênio um total de R$ 35 milhões e 3,5 mil pessoas serão beneficiadas com o conjunto habitacional. A conclusão da obra está prevista para o próximo ano e vai contemplar 900 famílias.

75 milhões em investimentos

Segundo a Saneago, os linhões são a espinha dorsal de grandes redes de distribuição de água, que, nesse caso, vão captar o recurso natural no Sistema Produtor Mauro Borges e levar até os domicílios de Aparecida, passando por Goiânia no meio do caminho.

Na vistoria, o governador Ronaldo Caiado ressaltou que a Prefeitura de Aparecida tem sido “uma grande parceira do Estado” na execução das obras dos linhões. Só os Linhões Central e Sul vão beneficiar diretamente, com água tratada, a população de 83 bairros de Aparecida.

Junto com os Linhões Central e Sul, que estão com obras em andamento, Aparecida terá sua rede de água tratada e esgoto ampliada também através dos Linhões Leste, Oeste e Norte, e o chamado Linhão Goiânia-Aparecida. Todos eles têm obras em fase de licitação.

Centro de reservação no Bairro Independência: tanque armazena 2 milhões de litros de água – Foto: Rodrigo Estrela

O prefeito Gustavo Mendanha disse que a construção dos linhões é uma solução definitiva para a demanda de água e esgoto na cidade. “Quando tudo estiver concluído, nós teremos a garantia de que todas as famílias de Aparecida serão abastecidas com água de qualidade”, frisou ele.

E o governador Ronaldo Caiado confirmou: “Aqui não vai mais ficar dependendo de poços artesianos. Nós vamos dar à população de Aparecida a qualidade na água e a certeza da manutenção da oferta de água tratada na casa das pessoas”.

De acordo com o governador, os Linhões Central e Sul estão recebendo mais de R$ 75 milhões em investimentos. O presidente da Saneago, Ricardo Soavinski adiantou que os projetos de engenharia dos Linhões Leste, Oeste, Norte e Goiânia-Aparecida já estão concluídos e que em breve, segundo ele, devem ser lançadas as licitações para execução das obras.