Aparecida é referência no Sistema Único de Saúde (SUS) em Goiás devido ao aprimoramento da rede e à qualidade dos serviços. Apenas na testagem em massa da covid-19, o município já realizou mais de 170 mil exames RT-PCR

Em 2020, ano do surgimento da pandemia da Covid-19, a maior adversidade sanitária, social e econômica do século 21, a Prefeitura de Aparecida consolidou a priorização da Saúde Pública aperfeiçoando todos os setores da pasta e atingindo resultados positivos para a população.

“O enfrentamento à pandemia comprovou definitivamente a importância do SUS. Nossa Saúde Pública é capaz de orientar, tratar, salvar vidas e se mobilizar estrategicamente em curtíssimo espaço de tempo. Em Aparecida investimos na testagem em massa, no monitoramento dos doentes e na abertura de leitos de enfermaria e de UTI, dentre outras ações fundamentais”, ressalta o prefeito Gustavo Mendanha.

O secretário de Saúde Alessandro Magalhães afirma que as realizações de 2020 comprovam que a pasta não ficou parada mesmo com as restrições para conter a disseminação do novo coronavírus: “Interrompemos as cirurgias eletivas (não urgentes) por alguns meses e reduzimos serviços para concentrar esforços no enfrentamento à Covid-19, mas continuamos atentos às demandas da população. Agora permanecemos em alerta porque a pandemia não acabou e temos muito a realizar em 2021 e nos anos vindouros.”

Nesse sentido, confira algumas das principais realizações da Secretaria de Saúde de Aparecida (SMS) ao longo de 2020:

Excelência nas Urgências

Foram realizados 589.410 atendimentos nas unidades de urgência e emergência da cidade, os Cais e UPA’s, que funcionam 24h. “Em relação às UPA’s, destaco que Aparecida foi o primeiro município brasileiro a adotar a metodologia de trabalho do Hospital Sírio-Libanês (HSL) nessas unidades, que também foram pioneiras no País na criação de núcleos de Segurança do Paciente”, destaca o secretário Alessandro.

Na Maternidade Marlene Teixeira, que também funciona 24h, foram feitos 48.767 atendimentos. Já o SAMU recebeu um total de 46.285 chamadas que resultaram em atendimento. Destas, 24.589 foram finalizadas com orientações remotas e em 22.061 foram enviadas ambulâncias para atender à população.

Números de consultas, exames e cirurgias

Além dos atendimentos em urgência, durante todo o ano foram realizadas 368.366 consultas médicas na cidade, sendo 172.500 especializadas e 195.866 na atenção primária. Na área de Saúde Mental foram contabilizados 2.473 atendimentos. Quanto ao setor de apoio a diagnósticos e cirurgias, a Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida (SMS) realizou 2.563.444 exames e liberou e encaminhou 3.336 cirurgias gerais, ginecológicas, ortopédicas, oftalmológicas, neurológicas e cardiológicas.

HMAP: referência na pandemia

Com dois anos de atividades desde a sua inauguração, o Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP) realizou no último ano 6.355 internações, sendo 1.745 em decorrência da Covid-19. A unidade, que tem 96% de aprovação dos usuários (aferida em pesquisa de satisfação), tornou-se referência também no atendimento aos infectados pelo novo coronavírus e celebrou, no último dezembro, a alta do milésimo paciente curado da Covid-19, o sr. Raimundo Rodrigues, de 82 anos. Atualmente, o HMAP conta com 120 leitos hospitalares exclusivos para tratamento do novo coronavírus, sendo 60 UTI’s e 60 enfermarias.

 

Combate à dengue

No enfrentamento a doenças como dengue, zika e chikungunya, que têm em comum o mesmo vetor, o mosquito Aedes aegypti, as equipes da Coordenação de Vigilância Ambiental realizaram mais de 1 milhão e 200 mil visitas domiciliares em ações rotineiras de orientação dos moradores e de combate a criadouros do Aedes. Além disso, recolheram mais de 152 mil carcaças de pneus que são potenciais “maternidades” para o inseto. Durante todo o ano, a população pode realizar denúncias de possíveis focos do mosquito pelos números do Disque Dengue: 0800-646-2500 e 3545-4819 ou pelo aplicativo “Xô Aedes”.

Melhoria da rede

A SMS tem investido continuamente na manutenção e na melhoria das unidades da rede. Em 2020, foram reformadas 10 UBS’s: Residencial Caraíbas, Jardim dos Ipês, Setor Bandeirantes, Alto Paraíso, Vila Delfiori, Jardim Florença, Retiro do Bosque, Independência Mansões, Buriti Sereno e Nova Olinda. Também estão em andamento as reformas das UBS’s Andrade Reis, Jardim Riviera, Pontal Sul, Porto das Pedras, Santa Luzia e Jardim Olímpico, bem como dos Centros de Especialidades Municipal e Odontológicas.