Prefeito teve reunião com secretariado e ouviu lideranças empresariais para estabelecer novo decreto que deve flexibilizar em mais de 80% a abertura de comércio, serviços e indústrias no município.

O prefeito Gustavo Mendanha (MDB) realizou na noite de sexta-feira, 17, vídeo conferência com o seu secretariado para definir novo decreto que será publicado nesta segunda-feira, 20, sobre o funcionamento do setor público e privado em Aparecida de Goiânia a partir do dia 28.

Prefeito foi entrevistado pela TV Anhanguera na manhã de hoje por videoconferênciaEm entrevista na manhã de hoje à TV Anhanguera, Gustavo Mendanha detalhou alguns pontos. Ele disse que além do secretariado, ouviu também empresários, lideranças comunitárias e também se baseou no decreto publicado hoje pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) deve referenciar boa parte das medidas que serão tomadas.

“O governador fez por videoconferência uma reunião com os prefeitos das maiores cidades, e por isto estamos tomando novas medidas. O governador quer dividir a responsabilidade, e ele está certo, pois muitos prefeitos estão utilizando somente o decreto do Estado para não se responsabilizar. Em Aparecida ouvimos técnicos, empresários, lideranças comunitárias e também o Ministério Público na nossa tomada de decisões”, informa.

 

Igrejas
Sobre as funcionamento de instituições religiosas o prerfeito disse que possivelmente vai caminhar no mesmo sentido do decreto do governo do Estado. “Achei muito plausível, e temos outros estabelecimentos que não foram contemplados que nós estaremos discutir medidas para avançar também”.

Se todos usarmos do bom senso, gradativamente vamos voltar nossa economia sem prejudicar a população.

Proteção

De acordo com Gustavo Mendanha, em Aparecida serão tomadas todas as medidas por parte da prefeitura para fiscalizar os estabelecimentos comerciais, de serviços e indústrias para que não extrapolem as normas estabelecidas, de maneira que as pessoas não sejam contaminadas

Uma preocupação do prefeito é que a população e as empresas respeitem as recomendações das autoridades de saúde.

“Os trabalhadores devem ter por parte dos empresários os EPI´s (Equipamentos de Proteção Individual) para que não venham a ser contaminadas. As pessoas devem transitar na cidade usando máscaras”, adverte.

Mais 90 leitos no HMAP
Gustavo lembrou que a Prefeitura abriu nesta semana 90 leitos novos leitos no Hospital Municipal de Aparecida. A estrutura do Hmap foi reforçada com mais 30 leitos de UTI e 60, para tratamento semi-intensivo, com fonte de oxigênio. Neste momento, todos esses 90 leitos estão reservados para pacientes com diagnóstico e quadro mais severo do novo coronavírus.

Outra providência recente da Prefeitura de Aparecida, lembrada por Gustavo, foi a compra de 13 leitos de UTI na rede privada para ficarem à disposição, no SUS, dos pacientes graves da Covid-19.

O prefeito finalizou a live destacando que o município está comprando 20 respiradores para o Hmap. Quando essa aquisição se concretizar, o Hospital Municipal de Aparecida terá 50 leitos de UTI para fazer enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.