Conforme havia adiantado o Onze de Maio, prefeito  confirma presidente da Câmara como como companheiro de chaoa  na Coligação “Aparecida é Certeza!”.

O candidato a prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB), anunciou na noite de sexta-feira, 18, Vilmar Mariano (MDB) na  vice pela “Coligação Aparecida É Certeza!”.

Presidente da Câmara Municipal, o vereador Vilmar Mariano, recebeu apoio de seus pares e das principais lideranças política do município para compor a chapa com Gustavo.

O anúncio aconteceu de forma virtual e contou, presencialmente, com a participação dos deputados federais Professor Alcides (PP) e João Campos(Republicanos). Também esteve presente no momento do anúncio, o Pastor Romeu Ivo, que, por motivos pessoais, declinou do convite para compor a chapa como vice de Gustavo.

Deputados federais Professor Alcides e João Campos prestigiaram o anúncio de Vilmarzinho

Gustavo explicou, durante o pronunciamento, os motivos que levaram a escolha do vereador emedebista para compor a chapa.

“O processo para escolha da vice foi de muito diálogo. Tivemos o pastor Romeu Ivo da Igreja Esperança como primeiro nome anunciado, mas ele não pode continuar, então após conversas com a base aliada, chegamos ao nome do Vilmar. O presidente da Câmara esteve comigo nesses quatro anos de mandato e cumpriu muito bem o seu papel à frente do Legislativo Municipal. Por isso, estou muito feliz com este momento, pois o Vilmarzin sempre teve compromisso com a cidade e juntos vamos fazer o melhor governo da história de Aparecida”, declarou.

O candidato a vice-prefeito, Vilmar Mariano explanou que recebeu com naturalidade o desafio de compor a chapa do prefeito Gustavo Mendanha pelos mais de 20 anos de serviços prestados à população ocupando, por quatro mandatos, uma cadeira na Câmara.

“Quando o Gustavo me ligou me propondo este desafio eu aceitei, mesmo que eu não tenha imaginado que surgiria essa oportunidade, pois estávamos com uma chapa montada. Ser vice de um governo vitorioso é uma honra pra mim, e agora, que estamos ainda mais unidos, vamos trabalhar muito para trazer e fazer o melhor para nossa cidade e para os aparecidenses”, sublinhou Vilmarzinho.

O emebista aproveitou que o anúncio era transmitido ao vivo pelas redes sociais e agradeceu aos aparecidenses que confiaram nele neste primeiro mandato e prometeu fazer muito mais caso fosse novamente escolhido para ser o gestor da cidade. “Quero humildemente dizer obrigada a todos vocês, moradores de Aparecida, que me deram a oportunidade de ser o prefeito desta linda cidade. E digo que, Vilmar e eu, juntos, vamos trabalhar de mãos dadas para continuar transformando a realidade do município, trazendo benefícios para todos os bairros como o asfalto, melhorando a saúde e a educação. Muito já foi feito, mas vamos fazer muito mais”, concluiu.

Coligação tem 20 partidos

A aliança em prol da reeleição de Gustavo Mendanha reúne o apoio de 20 partidos nesta eleição de 2020, sendo 17 formais e três de forma informal, fazendo da coligação a maior em apoio a um único candidato entre os municípios goianos com mais de 200 mil eleitores.

Histórico

Vilmar Mariano da Silva, popularmente conhecido como Vilmarzinho, nasceu em 17 de Dezembro de 1966, em Aragoiânia-GO. Aos 9 anos mudou-se para a área rural do antigo Acampamento Boa Esperança, em Aparecida de Goiânia, onde posteriormente foi fundado o Jardim Alto Paraíso. Filho de Iraci Pereira da Silva Antônio Mariano da Silva, é casado com Sulnara Santana e tem cinco filhos. No ano de 1998, iniciou na política como vice-presidente da Associação de Moradores do Jardim Alto Paraíso. Atuou também como assessor parlamentar do ex-vereador e ex-prefeito José Macedo.

Vilmar Mariano foi eleito vereador por três mandatos consecutivos no pleito de 2001 a 2004, 2005 a 2008 e 2009 a 2012. De 2013 a 2016 fez parte da equipe do então prefeito Maguito Vilela como secretário de Esporte, Lazer e Juventude. Em 2016 foi eleito para o quarto mandato de vereador e indicado para presidente da Câmara Municipal. Em 2018 foi reeleito para a presidência da Casa, e como presidente, assumiu, como prefeito em exercício entre 1º a 8 março de 2020, quando o atual prefeito, Gustavo Mendanha, se afastou para tratamento médico, estando também o vice-prefeito Veter Martins, de licença médica.