Prefeito de Aparecida de Goiânia tem garantido êxito no combate ao covid-19 no município fazendo uso de experiências utilizadas pelo governo israelense, e se prepara agora para mais uma nova investida, com a aplicação de nova vacina em forma de spray.

Em 2020, a experiência do lockdown intermitente, onde Aparecida de Goiânia foi dividida em regiões, teve boas respostas na contenção da pandemia do coronavírus em Aparecida de Goiânia. O prefeito Gustavo Mendanha importou esta idéia de Tel Aviv, capital de Israel, onde o fechamento escalonado de bairros produziu bons resultados, reduzindo índices de contaminação.

Os fechamentos escalonados em Aparecida garantiram 37% de isolamento social, o que foi mais que suficiente para evitar a disseminação descontrolada da covid-19, conforme comprovou estudo publicado em junho do ano passado por pesquisadores da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Os cientistas observaram que o isolamento social, mesmo com índices abaixo dos 50%, é uma estratégia importante na contenção do novo coronavírus. A conclusão dos pesquisadores é que a cada 1% na taxa de isolamento calculada por meio de dados de aparelhos de celular, a transmissão do vírus pode apresentar uma queda de 37% no número de novos contaminados.

Segundo o prefeito Gustavo Mendanha Aparecida adotou o modelo de escalonamento intermitente usado em Israel, com base nos resultados obtidos naquele país, e também com acompanhamento de técnicos da Universidade Federal de Goiás, que certificaram ao longo de cada semana os resultados, que se mostraram positivos ao longo de todo o período em que foi utilizado.

Salvar vidas

Agora Gustavo Mendanha aposta noutra tecnologia desenvolvida em Israel para salvar vidas e garantir a imunização da população: o EXO-CD24 , um medicamento em forma de spray que apresentou resultados positivo no tratamento de pacientes graves de covid-19 em Israel e está sendo testado também como vacina contra o coronavírus. O Brasil deve participar da Fase 3 dos testes do spray nasal EXO-CD24 contra a covid-19, que está sendo desenvolvido pelo Centro Médico Ichilov de Tel Aviv, em Israel.

 “Acreditamos na ciência, no trabalho em equipe e no diálogo com a sociedade para salvar vidas”, finalizou.

O que é EXO-CD24?

Cientistas doCentro Médico Ichilov de Israel anunciaram que terminou o estudo de fase 1 do spray nasal EXO-CD24 contra covid-19. Brasil deve participar dos testes de fase 3 do EXO-CD24.

De acordo com o Ichilov Medical Center, EXO-CD24 é “uma preparação inovadora baseada em exossomos enriquecidos com CD24, que é administrado por aspiração direta para os pulmões para erradicar a tempestade de citocinas resultante do coronavírus SARS-CoV-2 quando causada a COVID-19”.O professor Nadir Arber, um dos médicos e pesquisadores envolvidos no desenvolvimento desse medicamento, indicou que “Mesmo que as vacinas façam seu trabalho, e mesmo que não ocorram novas mutações, de uma forma ou de outra, o coronavírus permanecerá conosco. Para isso, desenvolvemos um medicamento exclusivo, EXO-CD24, um desenvolvimento sem precedentes. Aproximadamente seis meses desde o momento em que a ideia foi concebida e a tecnologia inventada até que foi testada pela primeira vez em humanos, na primeira fase clínica. ”

O medicamento EXO-CD24 é descrito como “um medicamento inovador, branco-azulado, voltado para o alvo, desenvolvido com base em muitos anos de pesquisa no laboratório do Prof. Nadir Arber no Centro Médico de Tel Aviv. A preparação é destinada a pacientes moderados a graves, para evitar a deterioração para uma situação difícil. ”

O que é EXO-CD24?

De acordo com o Ichilov Medical Center, EXO-CD24 é “uma preparação inovadora baseada em exossomos enriquecidos com CD24, que é administrado por aspiração direta para os pulmões para erradicar a tempestade de citocinas resultante do coronavírus SARS-CoV-2 quando causada a COVID-19”.O professor Nadir Arber, um dos médicos e pesquisadores envolvidos no desenvolvimento desse medicamento, indicou que “Mesmo que as vacinas façam seu trabalho, e mesmo que não ocorram novas mutações, de uma forma ou de outra, o coronavírus permanecerá conosco. Para isso, desenvolvemos um medicamento exclusivo, EXO-CD24, um desenvolvimento sem precedentes. Aproximadamente seis meses desde o momento em que a ideia foi concebida e a tecnologia inventada até que foi testada pela primeira vez em humanos, na primeira fase clínica. ”

O medicamento EXO-CD24 é descrito como “um medicamento inovador, branco-azulado, voltado para o alvo, desenvolvido com base em muitos anos de pesquisa no laboratório do Prof. Nadir Arber no Centro Médico de Tel Aviv. A preparação é destinada a pacientes moderados a graves, para evitar a deterioração para uma situação difícil. ”