Guarda Civil de Aparecida faz operação no Pipódromo do município para coibir aglomerações de pipeiros, manobras radicais com motos e uso de linhas cortantes para empinar pipas.

A campanha “A Vida Por um Fio”, realizada todos os anos no mês de férias escolares, tem como objetivo conscientizar a população sobre o perigo e proibições para o uso e comercialização de linhas com cerol, chilena e Indonésia. Por conta da pandemia do coronavírus, a operação neste ano foi antecipada para o mês de maio. Até agora, a GCM apreendeu mais de 300 pipas com linhas cortantes.

“O trabalho está sendo realizado de forma preventiva e ostensiva no sentido de evitar a aglomeração pessoas no pipódromo e outros espaços públicos da cidade, principalmente nesse momento onde estamos na luta contra o coronavírus. Além disso, estamos fazendo abordagens para coibir a prática criminosa de empinar pipa com linhas perigosas e orientamos as crianças e os jovens para não aglomerar até que passamos esse momento de pandemia“, destacou o comandante da GCM, Weber Júnior.

Segundo ele, a operação será intensificada nas próximas semanas em várias regiões de Aparecida. E a população ainda pode ajudar a Guarda Civil a fazer o seu trabalho preventivo, por meio de denúncia anônima pelo 153 ou pelo WhatsApp 3545-5992.