Na Terra Indígena (TI) Dourados, no sudoeste do Mato Grosso do Sul, no início de junho foram registrados seis crimes contra os Guarani-Kaiowá das aldeias Jaguapiru e Bororó, todos cometidos por indígenas, num cenário complexo que envolve milícias formadas pelos próprios indígenas, ataques de pistoleiros a mando de fazendeiros e ausência da segurança pública. Na foto acima registro do ataque na aldeia Bororó (Assejur/Cimi/12/09/2019).