Pesquisa analisou três cenários de confronto e analisou a votação de cada candidato por meso-região de Goiânia.

Se houvesse segundo turno hoje, o senador Vanderlan Cardoso (PSD) seria o vitorioso. É o que ficou demonstrado pela pesquisa do Instituto Grupom, divulgada na última sexta-feira. O Grupom construiu três cenários de disputa, onde Vanderlan enfrentaria o ex-prefeito Maguito Vilela (MDB) e a Delegada Adriana Accorsi (PT). Noutro cenário, Adriana e Maguito se enfrentariam.

Vanderlan x Maguito

No confronto entre Vanderlan e Maguito, o senador levaria a  melhor, registrando 50,9% contra 31,8%, ou seja, 19,1 pontos percentuais de vantagens para o pesedista. Os indecisos ficam na casa dos 5,2% e os que podem anular ou votar em branco, 12%.

Esmiuçando o voto por região, Vanderlan Cardoso venceria em todas. Na Centro/Sul ele recebeu 49,3% dos votos dos entrevistados pelo Grupom, contra 32,9% de Maguito Vilela. A maior diferença entre os candidatos está na Região Noroeste, onde Vanderlan tem 52,8%, Maguito, 27,2% e o número de indecisos é o mais alto: 9,6% com 10,4% na opção voto branco/nulo. Na Leste está a menor diferença entre os candidatos: 48,6% (Vanderlan) x 34,3% (Maguito); na Leste, o senador fica com 53,4% e o ex-prefeito com 31,5%.

Vanderlan x Adriana

Numa disputa entre Vanderlan Cardoso e Adriana Accorsi a distância entre os candidatos fica menor. O candidato do PSD teria 47,7% e a candidata do PT, 35,5%, o que reflete uma vantagem de 12,2 pontos percentuais em favor de Vanderlan.

A pesquisa mostra a Delegada Adriana Accorsi (42,4%) vencendo Vanderlan Cardoso (36%) na Região Noroeste. A maior vantagem de Vanderlan (55,5% contra 30,1%) é a Região Leste, onde os bairros fazem limite com Senador Canedo, onde ele foi prefeito por duas vezes e continua bem avaliado. Na Centro-Sul o pesedista tem 47,4% e a petista, 36,8%; na Oeste, Vanderlan crava 50% e Adriana, 4,8%.

Adriana x Maguito

Na hipótese de um segundo turno entre a Delegada Adriana Accorsi e o ex-prefeito Maguito Vilela, ela petista 41,1% e o emedebista 38,9%, o que seria uma vantagem de 2,2 pontos percentuais, configurando  um empate técnico, na margem de erro de 4,4 pontos percentuais para mais ou para menos.

Na análise por regiões a disputa é equilibrada: Adriana vence em duas, e Maguito em outras duas. A delegada tem sua maior vantagem na região Noroeste, onde consegue 49,6% dos votos contra 32% do ex-prefeito. Na Leste, Maguito tem sua melhor margem: 42,5% contra 34,2%. Adriana vence na Centro-Sul por 44,1% a 38,8% e Maguito na Oeste, com 41,6% contra 37,3%.

Metodologia:

A pesquisa Grupom foi registrada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) sob o número 04033/2020 em 03/10/2020.O Grupom entrevistou 591 pessoas entre os dias 03 a 07 de outubro. A margem de erro é de 4,4 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança de 95%