Pandemia de Coronavírus restringe circulação nos principais destinos do turismo histórico em Goiás.

Em razão do surto do coronavírus, os prefeitos de Goiás e de Pirenópolis restringiram o acesso de turistas a essas cidades históricas. Uma das medidas foi o cancelamento da Procissao do Fogaréu, que é realizada a 275 anos.

A Organização Vilaboense de Artes e Tradições (OVAT) informa que além da procissão, que aconteceria no dia 8 de abril, na Cidade de Goiás, foram a suspensas por 15 dias, podendo ser prorrogados, todas as celebrações, manifestações e procissões durante a centenária Semana Santa da Cidade de Goiás, celebrada nos dias 5 a 12 de abril de 2020

Segundo nota da OVAT, o cancelamento é feito em respeito aos Decretos Estadual e Municipal, a fim de colaborar para que não se propague os malefícios do coronavírus”.

 

Já a Prefeitura de Pirenópolis declarou ontem, quarta-feira (18/3), situação de emergência em saúde pública. O decreto suspende por 15 dias passeios e visitações em cachoeiras e rios; eventos públicos e privados; atividades em feiras (inclusive feiras livres); atividades esportivas em estádios ou campo de futebol; atividades religiosas; recepção de excursões; atividades em ambientes como cinemas, academias, boates, espetáculos e afins e atividades de hospedagem.

Não se incluem nas suspensões mencionadas no caput deste artigo estabelecimentos médicos, hospitalares, laboratórios de análises clínicas, farmacêuticos, psicológicos, clínicas de fisioterapia e de vacinação, distribuidora e revendedoras de gás, posto de combustíveis, supermercados, serviços de entrega e congêneres”, diz o decreto.

 

Decreto da prefeitura de Pirenópolis