Em constantes conversas e encontros com o governador Ronaldo Caiado e seus auxiliares, o candidato do PSD acredita que a união de Estado e Município serão essenciais para a nova gestão.

Vanderlan Cardoso (PSD) e o governador Ronaldo Caiado (DEM) estão em constantes conversas para trazer para Goiânia, por meio de parcerias, os melhores projetos do Governo do Estado. “Goiânia vai avançar mais com parcerias entre a Prefeitura e o Governo de Goiás. E o apoio do governador tem sido um reforço para que nossas propostas sejam as mais dinâmicas”, destacou o candidato.

No Plano de Governo da Coligação Goiânia em um Novo Momento, que terá uma entrega simbólica nesta quinta-feira, 12/11, constam projetos que Vanderlan e Caiado discutiram antes mesmo da decisão de ser candidato na capital, para que a cidade pudesse entrar em um novo rumo de desenvolvimento, também com apoio do Governo Federal, com recursos para todas as áreas e políticas públicas.

Um dos principais projetos que contará com o apoio do Estado são os polos de desenvolvimento. Implantados em todas as regiões da cidade, os espaços vão fomentar a vocação local e avançar na geração de emprego e renda. “O governador lançou o ProGoiás, um programa de incentivos para empresas. E vamos criar o ProGoiânia, para apoiar quem quer expandir ou criar seu negócio”, pontuou Vanderlan.

Destaque do governo Ronaldo Caiado, a segurança pública também ganhará reforço em Goiânia. “Com a integração com a Guarda Civil Metropolitana e com o sistema privado de monitoramento, por meios das centrais de inteligência, a criminalidade vai estar vigiada 24 horas por dia. E ainda vamos implantar delegacias da mulher em todas as sete regionais. Mais uma parceria que só será possível com o compromisso do governador e seus auxiliares”, destacou o candidato do PSD.

Outro ponto de destaque dessa parceria será a educação. Vanderlan e a secretária de Educação de Goiás, Fátima Gavioli, já fizeram uma análise do cenário de ensino na capital e pretendem, juntos, reduzir a fila de espera em Cmeis e na educação infantil, além de investir em projetos inovadores, como o Cmei nas Férias e o Aluno de Tempo Integral, no qual o estudante desenvolverá atividades esportivas e culturais quando estiver fora da sala de aula.

“Em conjunto com os profissionais da Educação, vamos gerir os recursos da área. Tenho experiência em fazer isso e vamos fazer em nossa capital, além de garantir um plano de carreira efetivo, com pagamento da data-base, garantindo todo os direitos. Não estamos propondo obras faraônicas para a educação. Com uma gestão planejada, vamos investir na construção de salas de aula e outras ações para melhorar ainda mais a estrutura educacional”, concluiu Vanderlan.