A partir desta terça-feira (25/5), a Prefeitura de Goiânia vai liberar o agendamento de mais 2,9 mil consultas para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) que precisam comprovar a existência de comorbidades para se vacinar contra a Covid-19. Desta vez, a marcação será pelo aplicativo Saúde Fácil Goiânia.

Criada com o objetivo de dar mais agilidade ao agendamento de consultas e melhorar o acesso aos serviços do SUS na capital, a plataforma passou por adequações para a marcação de consultas com a finalidade de atender quem precisa do relatório de comorbidades. Para ter acesso ao app, basta fazer o download gratuitamente nas lojas de aplicativos, informar o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou o do cartão SUS.

Com as 5,2 mil consultas, oferecidas por meio dos telefones da Central Humanizada de Orientações da Covid-19 (62) 3267-6123 (Fixo) e (62) 3524-6305 (WhatsApp), já são 8,1 mil consultas gratuitas destinadas a esse grupo. A Central funciona das 7 às 19 horas.

A secretaria alerta que o relatório será fornecido mediante apresentação de exames que comprovem a comorbidade, pois não é possível diagnosticar uma doença crônica em uma única visita ao médico.