Programa GyndeBike da Prefeitura de Goiânia, patrocinado pela Unimed, e operacionalizado pela Serttel, entrega mais quatro novas estações e Capital já conta com com 200 bicicletas para uso dos goianienses.

 

Quando o finado prefeito Paulo Garcia (2010-2016) iniciou a construção das ciclovias, muitos duvidavam sobre a viabilidade deste meio de transporte em Goiânia. Com o passar do tempo, as ciclovias foram ganhando adeptos, e a principal delas, a da Avenida T-63, tem cada vez mais usuários. As ciclovias também estimularam outro projeto: o das bicicletas compartilhadas. E dando sequência a este modalidade de transporte a  Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT), lança no  domingo, 9/6, mais quatro estações do programa de compartilhamento de bicicletas GyndeBike. A solenidade de inauguração será às 9 horas, no Parque Flamboyant, com a presença do prefeito Iris Rezende e de todo o secretariado municipal.

Parceria

O projeto da Prefeitura de Goiânia, patrocinado pela Unimed, e operacionalizado pela Serttel, teve inicio em 2016 e passa agora a contar com 20 estações, com 200 bicicletas ao todo. As novas estações do GyndeBike serão implantadas no Parque Flamboyant (uma adulto e uma infantil), Praça do Sol (uma infantil) e Instituto Federal de Goiás- IFG (uma adulto).

O secretário Fernando Santana explica que a iniciativa da Prefeitura de Goiânia visa promover a mobilidade, incentivando o uso de meios alternativos para deslocamentos, e gerando impactos sociais, ambientais e econômicos. “A bicicleta é um veículo que contribui para a diminuição de engarrafamentos, da poluição sonora e do ar, e que promove melhor qualidade de vida, além da saúde física e mental dos usuários”, diz o gestor da SMT, para quem o uso da bicicleta também resulta em ganhos econômicos para a sociedade como um todo, pois contribui para reduzir os custos na saúde pública e aumentar o consumo de bens e serviços.

Segundo Fernando Santana, a malha cicloviária de Goiânia passa por uma ampla revitalização neste primeiro semestre de 2019. De acordo com ele, 80% do trabalho já estão concluídos de forma a permitir o compartilhamento do trânsito entre veículos e ciclistas com mais qualidade e segurança.
Goiânia tem condições ideais para a prática do ciclismo com sua geografia plana e já ocupa a sétima posição entre as capitais com maior malha cicloviária, tendo 100 km de ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas. A extensão é proporcionalmente maior que a de São Paulo, com 490 km, considerando a população das duas capitais.
Para Fernando Santana, os centros urbanos brasileiros são projetados principlamente para os carros. “Mudar isso e promover a integração entre os meios de transporte é um desafio que exige o envolvimento de todos os setores da sociedade”, diz.

GyndeBike
-O projeto foi inaugurado em outubro de 2016, na administração do prefeito Paulo Garcia (PT), que foi responsábel pela implantação das ciclovias em Goiânia. A primeira estação de bicicletas foi implantada na Praça do Sol, no setor Oeste da capital, que também foi revitalizada pelo finado prefeito.

-Desde 2016 já foram realizadas 175 mil viagens.
-O Sistema GyndeBike é composto por Estações inteligentes, com 10 bicicletas em cada, conectadas a uma central de operações via wireless, alimentadas por energia solar, distribuídas em pontos estratégicos da cidade, onde os Clientes cadastrados podem retirar uma Bicicleta, utilizá-la em seus trajetos e devolvê-la na mesma, ou em outra Estação.

Onde estão as estações com as bicicletas

1 – Paranaíba
Canteiro central da Avenida Goias, próximo ao Mercado Aberto Paranaíba / Esquina com a Avenida Paranaíba

2 – Bandeirante
Canteiro central da Avenida Goias, em frente ao monumento Bandeirante / Esquina com a Avenida Anhanguera

3 – Praça Universitária
Praça Universitária, no Estacionamento no anel interno da Praça, Próximo ao Museu da PUC / Esquina com a Avenida Universitária

4 – Praça Cívica
Praça Cívica, em frente ao Museu Zoroastro Artiaga Goiana / Esquina com a Avenida Universitária

5 – Bosque dos Buritis
Alameda dos Buritis, em frente ao Bosque dos Buritis, ao lado do Monumento aos Desaparecidos do Regime Militar / Esquina com a Rua Gercina Borges

6 – Praça Tamandaré
Praça Tamandaré, na Rua 07, oposto ao Banco Bradesco / Esquina com a Avenida Assis Chateaubriand

7 – Lago das Rosas
Avenida Assis Chateaubriand, no canteiro central, oposto ao Posto Ipiranga / Esquina com a Rua T-07

8 – UNIMED
Rua Avenida T-07, na Praça Gilson Alves (UNIMED) / Esquina com a Rua T-01

9 – Praça do Sol
Rua 09, na Praça do Sol, oposto ao Cartório Índio Artiaga / Esquina com a Rua João de Abreu

10 – Bougainville
Rua 09, em frente ao Shopping Bougainville / Esquina com a Rua 36

11 – Marista
Rua 15, em frente ao Hotel Ibis em Construção, oposto ao Centro de Diagnóstico em Radiologia / Esquina com a Rua T-55

12 – Areião
Avenida Americano do Brasil, em frente ao Parque Areião, próximo a Rotatória / Esquina com a Alameda Coronel Eugênio Jardim

13 – Ricardo Paranhos
Alameda Ricardo Paranhos, no canteiro central, oposto ao Restaurante Paim Grill / Esquina com a Rua 1128

14 – Vaca Brava
Parque Vaca Brava, na Avenida T-03, oposto a Galeria Pátio do Lago / Esquina com a Avenida T10

15 – T63
Rotatória da S01, embaixo do Viaduto João Alves de Queiroz, próximo ao Posto Ale / Esquina com a T63

16 – Câmara Municipal de Goiânia
Avenida Goiás, em frente a Câmara Municipal / Esquina com a Avenida Independência

17 – IFG
Rua 75, em frente a IFG / Esquina com a Rua 66

18 – Parque Flamboyant
Parque Flamboyant na Rua 15, altura do número 678

19 – Praça do Sol – KIDS
Rua 09, na Praça do Sol, oposto ao Cartório Índio Artiaga / Esquina com a Rua João de Abreu

20 -Parque Flamboyant – KIDS
Parque Flamboyant na Rua 15, altura do número 678