Goiânia confirma 351 testes para o novo coronavírus em 24 horas. Dados da SMS mostram que 946 pessoas infectadas seguem em isolamento domiciliar na capital.

Goiânia já soma 8.143 testes com diagnóstico positivo para o novo coronavírus. Nas últimas 24 horas foram registrados 351 casos. Além disso, segundo o Informe Epidemiológico divulgado na segunda-feira (06/07), 946 pessoas seguem em isolamento domiciliar por conta da doença.

De acordo com os dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 248 pacientes seguem internados, enquanto outros 6.742 já se recuperaram totalmente da infecção. Já o número de óbitos registrados na capital é de 207. Foram oito casos a mais nas últimas 24 horas.

Desde o início da pandemia, 784 pacientes foram internados com a doença na capital. O número representa 10% dos casos registrados. Do total de pacientes que precisaram de assistência nas unidades de saúde, 389 foram transferidos para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Testes

A SMS  informa que adiquiriu 10 mil testes de RT-PCR (do inglês Reverse-Transcriptase Polymerase Chain Reaction), que é um exame diagnóstico molecular considerado padrão-ouro na detecção da Covid-19. Os kits, adquiridos através do Fundo Nacional de Saúde de Combate à Covid-19, têm previsão de chegada para esta quinta-feira (2/7) e terão uso imediato.

Os testes serão feitos em pacientes sintomáticos, após avaliação médica, nas unidades de urgência (Cais e UPAs) e unidades sentinela de atenção básica. Confirmado o diagnóstico, será feita a busca de contactantes domiciliares desse paciente para realização do exame, com objetivo de interromper a cadeia de transmissão.

A SMS contratou o laboratório CienticaLab, membro do grupo de Diagnósticos da América (DASA), para realização das testagens nas unidades.

Protocolo RT-PCR
O exame consiste na coleta de amostra de nasofaringe e orofaringe (fundo do nariz), feita através da introdução de um sawab (uma espécie de bastão grande com ponteiras de algodão) para captação de moléculas e absorção da secreção respiratória.  O Resultado é obtido através da detecção do RNA do SARS-CoV-2 na amostra analisada.

Casos

A maioria dos casos de infecção pelo novo coronavírus em Goiânia, ainda segundo a SMS, está concentrada em jovens e adultos com idades entre 20 e 39 anos (44%) e 40 e 49 anos (36%).

Os sintomas mais comuns informados pelos pacientes são tosse (53%), febre (50%), dor de garganta (24%), dor de cabeça (21%), dores musculares (16%) e perda do olfato (10%).

Entre os infectados, 4.174 (51%) são do sexo feminino, enquanto 3.969 (49%) são do sexo masculino. Ainda conforme o relatório, 87% dos infectados são da população em geral e 13% de profissionais da saúde.