No Estádio Amintas de Freitas em Jaraguá, vitória do Goianésia sobre o Jaraguá por 3×1, classificando-se para a Fase Final do Goianão pela 1ª vez na história.

O Goianésia venceu o Jaraguá, no clássico do Vale do São Patrício e tornou-se o 8º time interiorano a ser finalista de uma edição do Goianão, repetindo os feitos de Crac, Anapolina, Anápolis, Novo Horizonte, Itumbiara, Santa Helena e Aparecidense, não levando-se em consideração, por exemplo, o Goiatuba, que quando foi campeão goiano em 1992, o foi sem uma Final direta propriamente dita, pois tratava-se de um quadrangular final no qual o time goiatubense ganhou duas vezes de Goiás, Vila Nova e Atlético.

Seu adversário na Final inédita deste Goianão 2020, em jogo único e sem vantagem, com empate provocando decisão por pênaltis, é o Atlético.

A Final acontecerá no sábado, dia 27 de fevereiro de 2021, às 16h30 no Estádio Antônio Accioly pela maior pontuação atleticana ao longo de todo o Campeonato.

O Jaraguá termina o Goianão 2020 na 3ª posição, brilhante colocação para sua primeira no Goianão.

Goianésia e Jaraguá conquistam em conjunto vaga na Copa do Brasil 2021, com o time jaraguense como estreante na competição assim como em competições nacionais.

Um fato interessante nos confrontos entre os dois times neste Goianão 2020. Três jogos, sempre com vitória dos visitantes: Jaraguá 2×0 em Goianésia no 1º Turno da 1ª Fase, Goianésia 1×0 em Jaraguá no 2º Turno da 1ª Fase e agora novamente Goianésia 3×1 em Jaraguá nas semifinais.

No 1º tempo, 2×1 para o time goianesiense, gols do zagueiro Caio, de cabeça, aos 26’, Anderson empatando para a equipe da casa aos 47’ e Fábio Leite desempatando aos 49 minutos. Na etapa complementar, Rômulo, de pênalti, aos 11’, sacramentou o triunfo e a classificação inédita para o Goianésia.

Gols: Caio (cabeça) 26’, Anderson (J) 47’ e Fábio Leite 49’ do 1º tempo. Rômulo (pênalti) 11’ do 2º tempo.

Árbitro: Wílton Sampaio. Assistentes: Fabrício Vilarinho e Leone Carvalho.

Renda: portões fechados ao público em função da pandemia do coronavírus.
Fonte: Do site da FGF

Autor: Roberto Sampaio
Fonte: Coordenadoria Técnica