Nesta segunda, calcula-se que a área destruída foi de 75 mil hectares da unidade de conservação (UC) do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

Jornal GGN – Após sofrer duas semanas ininterruptas de queimadas na Chapada dos Veadeiros, as equipes do Corpo de Bombeiros do estado de Goiás (CBMGO) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) conseguiram conseguiram controlar os incêndios no parque de reserva nacional.

Na semana passada, os bombeiros ifnormaram que estavam trabalhando arduamente no controle de 16 quilômetros da linha de fogo que seguia na margem direita do Rio Preto. Na última segunda (05), o fogo seguia avançando sobre a área da Serra de Santana.

Com atuações de combate às queimadas, em meios terrestres e aéreos, o cálculo era de 16 mil hectares de área atingida, o que equivale a 6,6% da área da unidade de conservação (UC) do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Nesta segunda, calcula-se que a área destruída foi de 75 mil hectares.

Em comunicado nesta segunda, os bombeiros informaram que as queimadas foram controladas. Além da atuação dos brigadistas do ICMBio e de voluntários, a chuva no último fim de semana ajudou a conter o fogo.

 

 

Leia também no GGN:

Xadrez do paralelos entre Hitler, Bolsonaro e o Estado profundo, por Luis Nassif