Na quinta-feira, cerca de 720 kg de ouro foram roubados do Aeroporto de Cumbica, em São Paulo, um valor estimado em R$ 132 milhões. Com essa cifra, o assalto entrou no rol dos maiores já praticados no país e, nas redes sociais, a repercussão do caso veio com críticas à Polícia Federal, que focou suas atenções no grupo de supostos hackers de Araraquara, que teriam invadido o celular do ex-juiz federal Sérgio Moro.

Como destaca a reportagem de Marco Antônio Carvalho, do Estado de S. Paulo, a robustez do crime praticado em Cumbica colocou o assalto desta quinta-feira na lista dos maiores já ocorridos no Brasil. O caso se coloca ao lado do famoso assalto ao Banco Central de Fortaleza, em 2005, que rendeu, na época R$ 164,8 milhões aos assaltantes (em valores corrigidos, R$ 360 milhões). R$ 30 milhões foram recuperados e mais da metade do grupo foi presa.

Leia a íntegra da matéria na Revista Fórum