O senador Jorge Kajuru (sem partido-GO) afirmou, através de sua conta do Twitter, na manhã desta sexta-feira (5), que pode renunciar até segunda-feira, 08/07.

Ontem, durante uma entrevista ao site de direita, “O Corvo”, o senador goiano se exasperou com comentários de eleitores que o criticaram por votar a favor do projeto de liberação do porte e de compra de armas proposto pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ). Durante a entrevista disse que esses que o criticaram que “se fodessem”. A sua fala gerou protestos, e nesta manhã, Kajuru se retratou na sua conta no twitter:

Senador Kajur

QUANDO ERRO, VOLTO ATRÁS RÁPIDO. PEÇO DESCULPAS PELA PALAVRA DE BAIXO NÍVEL QUE USEI. É QUE SER COVARDEMENTE INJUSTIÇADO DÓI DEMAIS, TRABALHAR E FAZER O QUE FAÇO, ABRIR MÃO DE TUDO, MAS NÃO DÁ RAZÃO DE APELAR. SÓ QUE

Senador Kajuru

@SenadorKajuru

DO POST ABAIXO, DEVO CONFESSAR QUE ESTOU DECIDINDO A RENUNCIAR. NÃO PRECISO DISSO E PARECE NÃO VALER A PENA, POIS NÃO HÁ RECONHECIMENTO. MUITOS GOSTAM DO MALANDRO, CORRUPTO, FALSO E HIPÓCRITA. DE HOJE ATÉ SEGUNDA CONCLUO SE I MELHOR É RENUNCIAR MESMO.

O suplente de Kajuru é o empresário anapolino Benjamin Beze Jr, que foi  secretário de Indústria e Comércio no governo de Maguito Vilela (1995-1998).

Além disso, Kajuru pediu desculpas, por ter usado palavra de baixo nível em entrevista nesta quinta-feira.

Senador Kajuru

@SenadorKajuru

QUANDO ERRO, VOLTO ATRÁS RÁPIDO. PEÇO DESCULPAS PELA PALAVRA DE BAIXO NÍVEL QUE USEI. É QUE SER COVARDEMENTE INJUSTIÇADO DÓI DEMAIS, TRABALHAR E FAZER O QUE FAÇO, ABRIR MÃO DE TUDO, MAS NÃO DÁ RAZÃO DE APELAR. SÓ QUE…