Um dia após a tosca live de Jair Bolsonaro em que atacou o TSE e o STF e espalhou fake news, um ministro do Supremo chamou o presidente de “moleque”.

Do DCM

Os ministros do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitora usaram adjetivos igualmente contundentes para se referir ao presidente.

No tribunal eleitoral, os ministros têm defendido deixar de lado as notas de repúdio e agir com medidas concretas contra o mandatário, inclusive no âmbito eleitoral.

Eles creem que as tentativas de diálogo propostas por Luiz Fux, presidente do STF, são inúteis.

O objetivo da transmissão de Bolsonaro era mostrar provas de fraude nas últimas eleições, mas ele acabou admitindo que não há material para embasar suas mentiras.

Com informações da Coluna de Mônica Bergamo na Folha.

 

Leia também: “Patética”, dizem ministros do STF e TSE sobre live de Bolsonaro

Em live psicótica, Bolsonaro usa vídeo de astrólogo que faz acupuntura em árvores