De acordo com o portal “Metrópoles”, Jair Renan e a sua mãe alugaram mansão de R$ 3,2 milhões, às margens do Lago Sul, em Brasília, neste último sábado, o “04” participou de festa clandestina com mil pessoas em Goiânia

De acordo com a reportagem do Metrópoles, o evento contou com venda de ingressos por meio do aplicativo WhatsApp, sendo que o local foi divulgado minutos antes do início. A divulgação prometia um começo de festa às 16h, com previsão de duração até as 8h deste domingo (29/8), o que acabou sendo frustrado pela fiscalização.

Frequentadores da festa publicaram uma foto com o filho do presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais. Além do próprio Jair Renan, os outros dois rapazes que aparecem nas imagens não estavam usando máscara. Essa, inclusive, foi a mesma condição vista pelos fiscais ao chegarem no local do evento, às 23h: pessoas sem o acessório de segurança e aglomeradas na pista de dança.

Reportagem do G1 revelou que a festa foi interditada por volta das 23h30 de sábado (28). De acordo com o município, o local não possuía autorização para realizar o evento e estava desrespeitando as medidas sanitárias estabelecidas pela prefeitura, que permite a realização apenas de eventos corporativos com até 250 pessoas durante a pandemia.

De acordo com a Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), a festa começou às 16h e estava prevista para terminar às 8h deste domingo (29), no Palácio Monte Líbano, no alto do Morro do Mendanha, na capital. Conforme o órgão, o dono do local foi multado pelo descumprimento da medida. Foi aplicada uma multa de R$ 15 mil reais aos organizadores do evento. No twitter, a jornalista Fabiana Pulcinelli, ironizou o valor:

“Chamada #EmOff, a festa clandestina em que estava o filho do presidente no sábado em Goiânia realizava a segunda edição, com mil pessoas e ingressos de 200 a 800 reais. O espaço levou multa de 15 mil reais. Faça a conta do “prejuízo” e imagine se vai ter a terceira edição?”, questionou.

 

 

 

Mansão milionária

Na sexta-feira (27/08) o portal Uolpublicou matéria revelando publicações de Jair Renan Bolsonaro, o filho 04 do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que mostraram a mansão de R$ 3,2 milhões que a família aluga no Lago Sul, área nobre de Brasília. O filho do dirigente e a mãe, Ana Cristina Siqueira Valle, moram na residência desde junho deste ano, segundo a  reportagem.

O jornal Metrópoles, de Brasília, publicou o vídeo abaixo postado no último domingo (22/08) por Jair Renan, onde ele aparece cantando Boate Azul e hits da música sertaneja. Renan e a mãe, Ana Cristina deram uma festa na mansão nova com a presença de influenciadores digitais como Diego Pupe, Bricia Helen e Duda Martins.

 

Mansão

Ainda segundo o Uol, o imóvel onde acontece a festa foi comprado por R$ 2,9 milhões em 31 de maio, alguns dias antes da mudança da família de Bolsonaro. O proprietário é Geraldo Antônio Machado, corretor que mora em uma casa modesta em Vicente Pires, a cerca de 30 km da propriedade.

“Eu ia mudar para lá [casa do Lago Sul], mas infelizmente a pessoa declinou do meu negócio aqui [casa onde vive]. Eu tive que, infelizmente, alugar. É um sonho morar no Lago [Sul], né?”, afirmou à reportagem do Uol. Ele ainda disse que possui outros bens na cidade, mas todos sem escritura. A expectativa de Geraldo é ir morar no local daqui a um ano.

Segundo a escritura, a aquisição do imóvel por Geraldo foi feita com recursos próprios: uma entrada, de R$ 580 mil, e R$ 2,32 milhões financiados no Banco de Brasília (BRB).

O apartamento onde Jair Renan e Ana Cristina, ex-esposa do presidente, moravam anteriormente tinha 70 metros quadrados e está no nome do presidente Jair Bolsonaro. Já o novo imóvel possui um terreno de 1.200 metros e 800 metros quadrados de área construída, em dois andares.

Outras duas casas na mesma quadra e com tamanho similar à da família estão sendo alugadas por cerca de R$ 15 mil, mas nem Ana Cristina nem Machado quiseram revelar o valor do aluguel.

 

Com informações do Metrópoles e G1

 

Leia também:

As versões conflitantes sobre a nova casa da ex-mulher de Bolsonaro