Políticas públicas implantadas em Aparecida de Goiânia nos últimos anos com objetivo de fortalecer a geração de empregos e a economia local atraem novas empresas e incentivam a expansão de negócios já presentes na cidade.

Responsável pela geração de 90 empregos diretos e cerca de 400 indiretos, a Fast Açai localizada atualmente na Vila Brasília vive momento de expansão e, por isso, irá construir sua nova sede no All Park Polo Empresarial após receber na tarde desta segunda-feira,2, concessão de uso de uma área de 10 mil m².

De acordo com o termo de concessão entregue aos representantes da empresa pelo prefeito Gustavo Mendanha, a área cedida só poderá ser utilizada exclusivamente para atividades industriais realizadas pela empresa que desde 2012 trabalha com processamento de açaí, cupuaçu e fabricação de sorvetes.

Segundo o diretor jurídico da empresa, Maurício Lima com a nova sede a Fast Açai, que também está presente nos Estados Unidos com produtos processados e fabricados em Aparecida, irá crescer significativamente. A empresa projeta triplicar a produção e o número de franquiados.

Durante a entrega do documento, o prefeito Gustavo Mendanha lembrou que a cidade se destaca nacionalmente pela geração de empregos e abertura de novas empresas. Ele ainda pontuou que a gestão trabalha para incentivar a classe produtiva que movimenta a economia local.

Gustavo Mendanha e o secretário Marlúcio Pereira recebem empresários da Fast Açaí – Foto Rodrigo Estrela

“Nos últimos anos, Aparecida tem se destacado no cenário nacional pela geração de empregos. Mesmo em meio a pandemia nossa cidade mantém salto positivo, conforme mostra o Caged. Nosso povo tem vocação para o empreendedorismo e nossa administração apoia e incentiva para que esse movimento continue, pois todo mundo ganha em uma cidade industrializada: cresce a arrecadação, que se transforma em obras, surgem novas vagas de empregos e isso tudo aquece a economia”, lembrou o prefeito.

Entre as ações implantadas para incentivar o setor produtivo na cidade estão ainda a desburocratização de processos, redução de taxas e impostos além da legalização de empresas localizadas nos polos industriais.

“Recentemente entregamos mais de 50 escrituras para empresários do Polo Industrial Vice-Presidente José Alencar. Esse documento definitivo abre novas perspectivas para o empresário, pois em muitos casos os bancos exigem essa documentação para concessão de crédito, por exemplo. Com documentação e crédito, as empresas podem ampliar suas atividades, ampliando também a arrecadação do município e a geração de empregos”, pontuou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marlúcio Pereira.

Ainda na tarde desta segunda-feira, o prefeito Gustavo Mendanha recebeu representantes de uma fabricante de aeronaves interessada em montar uma unidade na cidade. Acompanhados pelo presidente da Associação Comercial e Industrial de Aparecida de Goiânia (Aciag), Leopoldo Moreira, os executivos conheceram um pouco sobre a história e gestão do município e, sobretudo, o Polo Aeronáutico que está em fase de implantação na Região Leste da Cidade.

A empresa do segmento aeronáutico pleiteia junto à administração uma área para instalação de uma fábrica nas proximidades do Polo Aeronáutico Antares, que além de um moderno aeroporto executivo também irá abrir outras empresas do segmento.