Militar recusou aperto de mão hoje em Porto Alegre, ao presidente  Jair Bolsonaro.

O presidente participou da cerimônia de posse do novo general do Comando Militar do Sul:

 

O evento foi fechado ao público e o presidente saiu sem se pronunciar. Durante a visita de Bolsonaro, porém, a capital gaúcha registrou panelaço e gritos de “assassino”:
Leia também: