A Prefeitura de Aparecida, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Turismo, inaugurou, através de videoconferência o Cmei Edith Pereira Soares, sediado no Setor Pontal Sul II.

A administração municipal também entregou à comunidade as obras de manutenção e reparos da Escola Municipal Parque São Jorge, localizada no bairro que dá nome a unidade escolar.

O evento virtual, que foi transmitido na sexta-feira,  14, pelo aplicativo Zoom e redes sociais da prefeitura, contou com a presença do prefeito Gustavo Mendanha, do titular da pasta de Educação, Wanderlan Luiz Renovato, vereadores e lideranças comunitárias da região.

A nova unidade educacional da Rede Municipal de Educação, que já conta com 31 Cmeis, está localizada no Setor Pontal Sul II e possui cerca 1,2 mil metros de área construída. A obra beneficiará cerca de 180 crianças, incluindo todas as etapas da Educação Infantil, ou seja, desde o berçário à pré-escola. A obra foi construída com recursos do Governo Federal com contrapartida do Tesouro Municipal. Somados os recursos, União e Prefeitura gastaram cerca de R$ 928 mil reais. Do valor, perto de R$ 139 mil foram de recursos oriundos do próprio município.

O Cmei Edith Pereira Soares, cuja obra foi iniciada no final do último mandato do ex-prefeito Maguito Vilela, foi construído seguindo os mesmos padrões das edições de outros Cmeis edificados por orientação do Ministério da Educação. O prédio possui oito salas de aula, cada uma delas contendo um solário de apêndice para o desenvolvimento de atividades pedagógicas externas, espaço de brinquedoteca, sala de biblioteca, cozinha com depósito, lavanderia, área de serviço e de lactário.

“Hoje, é um dia muito especial. Estamos entregando duas obras importantes que vão beneficiar muito nossas crianças. Estamos muito felizes pela oportunidade de seguir entregando obras para toda nossa população. Estamos, com a entrega deste CMEI, ampliando o número de vagas que serão preenchidas por crianças que estão no Cadastro Reserva. Em breve, logo abriremos nossas unidades para receber com muito carinho cada uma de nossas crianças. O sucesso desse trabalho é fruto da parceria do Poder Executivo com o Legislativo”, destacou o prefeito Gustavo Mendanha durante a reunião on-line.

As salas destinadas aos Agrupamentos I e II são constituídas de banheiros internos e duchas, tudo devidamente adaptado para as crianças e aliado aos propósitos pedagógicos da Educação Infantil. A nova instituição educacional possui também banheiros coletivos instalados na parte externa, banheiro adaptado a crianças portadoras de necessidades especiais, espaços de repouso, recepção, salas de professores, coordenação, diretoria e área de convivência.

O secretário de Educação de Aparecida, professor Wanderlan Renovato comemora o lançamento de mais uma unidade escolar e a reforma da Escola Municipal Parque São Jorge.

“É um momento de muita alegria, pois estamos ampliando o número de vagas na educação infantil, possibilitando que após a pandemia diversas mães e pais tenham onde deixar seus filhos enquanto trabalham. Sem dúvida, todo investimento em educação gera frutos, pois estamos contribuindo com a formação de nossas crianças que são o futuro do nosso país”, destacou o educador.

Reforma na Escola

Além da inauguração do Cmei, no Setor Pontal Sul II, nesta sexta-feira, a prefeitura fez também a entrega dos serviços de reforma de mais uma escola municipal, desta vez, localizada no Setor Parque São Jorge. A unidade educacional, que tem o seu nome em homenagem ao bairro e que atualmente atende mais de 300 crianças da região matriculadas desde o Agrupamento IV ao 5° ano do Ensino Fundamental, recebeu benefícios na ordem de R$ 447 mil reais.

A Escola Municipal Parque São Jorge possui três pavilhões e teve seus trabalhos de restauração e adequação iniciados no final de fevereiro. No total, foram gastos 135 dias para reformar o ambiente escolar e os trabalhos de manutenção contemplaram o reparo do telhado em dois pavilhões e a troca de telhas plan por telhas de fibra e cimento na área administrativa.

“Agradecemos ao prefeito, ao secretário de Educação, vereadores e todos que trabalharam para que tivéssemos um património público preservado. Nossa escola ficou maravilhosa. Com essas melhorias, nossas crianças terão toda infraestrutura necessária para o aprendizado de qualidade”, apontou a diretora da escola, Dirce da Silva Spindola.

Além de receber uma nova pintura nos padrões atuais da prefeitura, a unidade escolar teve suas instalações elétricas completamente revisadas. O seu sistema de drenagem e de captação de águas pluviais foram recuperados e ampliados para melhorar o escoamento em períodos de chuva.

O piso do corredor entre as salas de aula recebeu granitina, o que deve favorecer inclusive o asseio e a manutenção do espaço. No interior das salas de aula foi feita a troca de forros danificados e, no espaço externo, melhorias com a recuperação de pátios e serviços de jardinagem.

Outro serviço importante realizado na unidade escolar foi o de adequação para atender às exigências da Vigilância Sanitária e do Corpo de Bombeiros. A escola recebeu, por exemplo, serviços de reestruturação na parte da cozinha para se enquadrar às normas vigentes da Vigilância Sanitária.

Para receber o alvará dos Bombeiros, entre outras coisas, foram instalados extintores em pontos estratégicos do prédio escolar, foi feita a instalação de placas de sinalização e criado rotas de fuga para casos de incidentes. A prefeitura precisou também construir uma casa de gás em ponto afastado dos pavilhões da unidade escolar, medida que deve garantir a integridade física de alunos e servidores.

Valorização

Durante a videoconferência, o prefeito Gustavo Mendanha anunciou que a partir desde mês o município irá pagar o piso salarial dos professores. Mendanha também apontou que até o final deste ano serão pagos os retroativos referentes ao período de janeiro a julho. “Deixo expressa minha gratidão pelo diálogo que mantemos com o sindicato que representa a categoria”, disse.

Presente na videoconferência, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Aparecida, Valdeci de Souza, enalteceu o trabalho voltado para educação na cidade. “Os professores, neste momento, estão todos felizes. Agradecemos também toda sua equipe pelas obras e também pelo pagamento das progressões neste mês para os professores P1 e P2. Ficamos felizes pelo senhor acatar o clamor dos servidores”, agradeceu.