Governador de São Paulo diz que não é com ameaças de tiro que se constrói paz social e  democracia.

O governador de São Paulo, João Doria Júnior (PSDB), anunciou na segunda-feira (15) que determinou investigação da ameaça de morte feita contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em vídeo que circula nas redes sociais, um apoiador de Jair Bolsoanro, identificado como José Sabatini, atira com arma de fogo e ameaça o ex-presidente Lula de morte.

Em nota, a secretaria de Comunicação do governo disse que Doria telefonou para a presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann, para informá-la das providências sobre o caso. Nesse fim de semana, Gleisi e os deputados Rui Falcão e Paulo Teixeira protocolaram no Ministério Público de São Paulo pedido de investigação contra a ameaça a Lula.

 

fonte: Brasil247