Declaração do presidente do Senado foi feita à Coluna Painel de Camila Mattoso na Folha de S.Paulo.

O presidente Jair Bolsonaro foi descrito pelo presidente do Congresso, Davi Alcolumbre (DEM-AP), em conversas reservadas nesta segunda (6), como o motorista de um caminhão em alta velocidade em direção a um muro, e que mesmo alertado de que vai bater, não para.

A imagem foi usada em referência à guerra fria travada com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Para observadores, a cada nova ameaça de demissão não cumprida, é Bolsonaro que se desgasta e passa a imagem de fraqueza.

(…)

A entrevista de Mandetta anunciando que vai continuar à frente da Saúde escancarou a fragilidade do presidente, na avaliação de parlamentares.

(…)