Em seu blog, Alberto Carlos Almeida comenta a pesquisa do Datafolha realizada e divulgada em 27 de abril. Ele observa que Bolsonaro tem 33% de ótimo/bom e 38% de ruim/péssimo. Collor e Dilma sofreram impeachment quando tinham entre 10 e 15% de ótimo/bom e mais de 65% de ruim/péssimo.

Isso indica que o impeachment é politicamente inviável sem um apoio quase unânime da opinião pública, que acaba se refletindo em avaliação muito negativa do presidente, aponta.

Esse patamar de avaliação de Bolsonaro medido hoje capta a demissão de Sérgio Moro, a defesa que o presidente faz de medidas não científicas para enfrentar a pandemia, e uma queda gigante da atividade econômica. É possível afirmar que a sua avaliação passou incólume pela confluência destes três fenômenos.

Confira a íntegra no Blog de Alberto Carlos