Segundo o prefeito Arthur Virgílio, enterros diários passaram de 30 para 122.

Pelo Twitter, o jornalista amazonense Kallil Oliveira mostra imagens dramáticas de Manaus: carros das funerárias estão fazendo fila para enterrar corpos de vítimas de Covid-19 no cemitério Tarumã.

Segundo Kallil o numero de enterros foi menor do que o relato no vídeo, mas suficiente para gerar a fila: mais de 100 por dia.

O jornalista desabafa:

“Enquanto isso presidente Jair Bolsonaro segue na sua campanha para acabar com a quarentena e diz – como que fala  bom dia – que 70% da população será contaminada!”, critica.

Para Kallil Oliveira, as autoridades de saúde devem lutar para reduzir a curva de infectados e garantir que haja hospitais para todos. Assim, o número de mortos diminuirá”, prevê.