Além disso, existem 67 outras vacinas em desenvolvimento; na melhor das hipóteses, eles estariam disponíveis para o próximo ano.

Em um documento intitulado “Visão Geral Tentativa de Vacinas para COVID-19”, publicado no site da Organização Mundial da Saúde (OMS), foi apresentada uma lista de 70 vacinas, três das quais estão em estágios mais avançados da seu desenvolvimento porque eles já estão sendo testados em seres humanos.

Uma das vacinas, conforme afirmado no documento, é experimental, desenvolvida pelo laboratório chinês CanSino Biologics Inc. e pelo Instituto de Biotecnologia Peking, que já está na fase dois, usando o método de teste. do vetor viral não replicante.

As outras duas vacinas testadas em seres humanos estão sendo desenvolvidas por dois laboratórios americanos, Moderna Inc. e Inovio Pharmaceuticals Inc, conforme relatado pelo portal Bloomberg.

Embora as notícias sobre o desenvolvimento de vacinas nesses tempos incertos obviamente ofereçam esperança sobre o retorno à normalidade, a OMS, além de publicar o relatório, parou bruscamente e indicou que continua sendo apenas uma fonte de informação e que a organização não fornece nenhuma garantia com relação à precisão, integridade e adequação de qualquer um dos produtos listados no documento.

Embora o tempo normal para comercializar uma vacina seja geralmente entre 10 e 15 meses, neste caso, as estimativas dos pesquisadores sugerem que as primeiras vacinas seguras a serem usadas em larga escala para imunizar contra a covid-19 seriam disponível no próximo ano.

Fonte: Carta Maior

Leia mais:

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo e especial da decisão de Trump de sair da OMS; e Artigos/entrevistas

Trump diz que EUA não vão repassar mais recursos à OMS