O consórcio Covax vai começar a distribuir duas novas vacinas: a CoronaVac e a Sinopharm, ambas de vírus inativado, aplicadas em duas doses. O anúncio foi feito segunda-feira (12) pela Gavi, a Aliança para a Vacinação.

Do Yahoo Notícias 

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a previsão é que sejam entregues um total de 110 milhões de doses da vacina entre julho e outubro deste ano. A divisão será feita da seguinte forma: 50 milhões de doses da CoronaVac até setembro; outros 60 milhões de doses da Sinopharm até outubro.

A OMS explica que o intervalo entre as doses da CoronaVac é de 2 a 4 semanas, a da Sinopharm é de 3 a 4 semanas. Além das 110 milhões de doses, o consórcio Covax Facility da OMS também tem a opção de comprar mais 210 milhões de vacinas no último trimestre de 2021, sendo 150 milhões da CoronaVac e 60 milhões da Sinopharm.

 

Leia a matéria completa no Yahoo Notícias