A Caixa deposita esta semana a primeira das três parcelas do auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1.200 para mães chefes de família) para 4,9 milhões de trabalhadores e as trabalhadoras informais e desempregados que se inscreveram para receber o benefício no aplicativo Caixa | Auxílio Emergencial ou no site https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio  entre os dias 1º e 26 de maio.

Até agora já receberam duas parcelas os 50,5 milhões de trabalhadores aprovados no primeiro lote. O segundo lote, de 8,5 milhões de trabalhadores, recebeu apenas uma parcela. Mas, o Ministério da Cidadania não divulgou ainda as datas do pagamento das demais parcelas.

Terceiro lote 

Nesta terça-feira (16), a Caixa deposita a primeira parcela para os trabalhadores deste terceiro lote de beneficiários que nasceram de janeiro a junho. Nesta quarta-feira (17), deposita para os nascidos de julho a dezembro.

Detalhe importante: o dinheiro ficará bloqueado para saques e transferências até o dia 6 de julho. A Caixa elaborou um calendário para saques e transferências de acordo com o mês de aniversário. Os nascidos em janeiro poderão sacar a partir de 7 de julho e assim sucessivamente, conforme o calendário no final do texto.

Para garantir o controle do dinheiro enquanto durar o bloqueio de saques, a Caixa abriu poupanças sociais digitais para todos os trabalhadores. É nessas poupanças que o dinheiro será depositado hoje e amanhã.

Enquanto não puder sacar, o trabalhador poderá fazer compras e pagar contas por meio do Caixa Tem, se quiser.

A Caixa devolverá o saldo que tiver das poupanças digitais para as contas informadas pelos beneficiários quando se cadastraram para receber o auxílio, sejam elas poupanças da Caixa ou contas em outros bancos, a partir de 6 de julho.

Se o trabalhador quiser usar o Caixa Tem terá de emitir o cartão de débito virtual para fazer compras ou pagar contas pela internet em sites e aplicativos que aceitam débito. A emissão do cartão é gratuita e a compra é debitada diretamente na conta da poupança digital.

Para gerar o cartão, basta acessar o App e selecionar a opção Cartão de Débito Virtual, logo na tela inicial e seguir os passos. O aplicativo envia a imagem do cartão com os dados para o usuário utilizar na internet.

Para usar o cartão de débito virtual basta informar os dados disponibilizados pelo App nos sites e aplicativos que aceitam débito. As compras são seguras porque para cada transação é gerado um código de segurança, enquanto nos cartões normais o número é sempre o mesmo. Para as compras recorrentes, o número é salvo e não é preciso gerar um código a cada compra.

Confira aqui como funciona o Caixa Tem, onde baixar o aplicativo e como funciona o cartão de débito virtual.

Calendário de saques e transferências 

Mês de nascimento – liberado em

Janeiro – 6 de julho

Fevereiro – 7 de julho

Março – 8 de julho

Abril – 9 de julho

Maio – 10 de julho

Junho – 11 de julho

Julho – 13 de julho

Agosto -14 de julho

Setembro – 15 de julho

Outubro – 16 de julho

Novembro – 17 de julho

Dezembro – 18 de julho

Auxílio emergencial

O auxílio emergencial foi aprovado pelo Congresso Nacional em março para ajudar os trabalhadores e trabalhadoras informais, autônomos, microempreendedores individuais (MEIs) e desempregados durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) que obrigou governos a decretar isolamento social, o que impediu que milhões de brasileiros pudessem sair para ganhar a vida nas ruas.

O governo começa a pagar na próxima quarta-feira (17) e termina no dia 30 de junho a terceira parcela do auxílio emergencial apenas para os beneficiários do Bolsa Família, que começaram a receber em abril.

O calendário de saques segue o último dígito do Número de Identificação Social (NIS). Na quarta, começa para quem tem NIS com final 1. Os benefícios não serão acumulados. A pessoa receberá o que for de maior valor: Bolsa Família ou auxílio emergencial

Com informações da CUT