Nenhuma loja aberta nas ruas e avenidas da cidade, nem mesmo no”Beco dos Aflitos”, tradicional ponto de aglomeração durante os dias de visitação na Cidade Santa.

A Prefeitura de Trindade deu continuidade, nesta quarta-feira (24), a fiscalização do comercio durante o terceiro dia de vigência do decreto 1.434/21. O documento determina o fechamento total das atividades não essenciais durante as quartas-feiras, sábados (a partir das 13h) e domingos, em todas as regiões da cidade.

Beco dos Aflitos vazio

De acordo com os fiscais do município tanto a população, quanto os comerciantes estão seguindo o novo decreto.

“Hoje nós percebemos uma grande adesão por parte dos empreendedores e da população geral. Exceto alguns casos isolados que nós prestamos as devidas orientações. Mas na grande maioria já estavam fechados e aderindo ao decreto”, informa o inspetor Lyncoln Toledano, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Como nova metodologia, a cidade passou a realizar o escalonamento entre o comercio, sendo dívida entre quatro regiões para o revezamento. As novas medidas restritivas foram adotadas para evitar o avanço no contágio da Covid-19.

As equipes compostas por fiscais de Posturas da Prefeitura de Trindade, Vigilância Sanitária e Secretaria de Meio Ambiente, percorreram todas as regiões da cidade para realizar a fiscalização. Após o período de orientação os fiscais darão início as notificações e a aplicação de multas.

A Prefeitura de Trindade disponibiliza os números de contato para o esclarecimento de dúvidas: 3506-7022/ (62) 9 9535-0503 (possui WhatsApp). E para denúncias os números são: 3506-7084 ou (62) 9 9125-6778 (possui WhatsApp).