Presidente da Assembleia de Deus, Ministério Fama, pastor faleceu aos 85 anos vítima de complicações do coronavírus.

O Bispo Abigail Carlos de Almeida, presidente da Assembleia de Deus, Ministério Fama, faleceu neste domingo vítima do covid19.  Pai do ex-deputado e ex-presidente da Assembleia Legislativa, Samuel Almeida (PROS), o Bispo Abgail tinha 85 anos, e deixa esposa e oito filhos.

Pelas redes sociais, os candidatos a prefeito manifestaram pesar pelo falecimento do líder religioso.

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, que é evangélico postou em suas redes sociais que o dia acordou mais cinza com a partida do líder religioso.

“Hoje o dia acordou mais cinza com a partida do nosso grande Bispo Abigail de Almeida, da Assembleia de Deus Ministério Fama. Pai, Avô, Esposo, Amigo e Pastor dedicado, o Bispo nos deixou e foi fazer morada junto com o Nosso Senhor. Estamos em orações para que Deus conforte e tranquilize o coração de todos que rodeavam o grande homem que foi o Bispo Abigail”, disse Gustavo na nota de pesar.

O senador Vanderlan Cardoso lembrou da amizade com o Bispo Abigail e também postou mensagem de consolo à sua família.

Hoje recebi a triste notícia de que perdemos o Bispo Abigail. Sabemos que ele foi morar com Deus, mas ficamos todos muito tristes pela falta que ele fará aqui nessa terra. Sua história de trabalho e dedicação pela obra ministerial ficará para sempre. Peço que Deus conforte o coração de toda família, amigos e de toda igreja”, disse o senador.

A Delegada Adriana Accorsi prestou homenagem ao pastor enfatizando que os cristãos se enlutecem o falecimento, porém o Bispo Abigail deixa uma obra que transcende à sua existência como manifesto de fé e de trabalho em favor da palavra de Deus.

O governador Ronaldo Caiado também manifestou o seu pesar.”Bispo Abigail tinha 85 anos e uma história de vida marcada pela devoção e pela fé. Ingressou para o ministério e passou a servir como auxiliar da igreja em 1952, quando tinha apenas 17 anos”, alega.

De acordo com informações do G1, o Bispo havia sofrido uma queda no ano passado, passou por uma cirurgia na coluna e vinha se recuperando bem, conforme assessoria de imprensa. Mas, em outubro deste ano precisou ser hospitalizado novamente.

Abigail deu entrada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Órion, em Goiânia, no dia 21 de outubro, e vinha reagindo bem ao tratamento, até que na última quinta-feira (5), foi diagnosticado com a Covid-19, vindo a falecer de complicações pelo coronavírus neste domingo.