Segundo a assessoria, o governador sentiu fortes dores no peito no início da tarde desta quarta-veira (9/10) e foi imediatmente  encaminhado ao hospital.  Nota da assessoria de imprensa do governador informa  ele passa por uma avaliação médica e exames, que já descartaram infarto. Entre os procedimentos foi realizado um cateterismo.

Ainda de acordo com a assessoria, o governador estava trabalhando quando sentiu a dor. Porém, não foi informado onde ele estava no momento em que passou mal.

A nota divulgada pelo governo informa ainda que o “governador está bem, tem quadro estável e está consciente”. A assessoria afirmou que mais informações serão repassadas ao longo do dia e que o hospital vai divulgar um boletim médico.

O Hospital do Coração comunicou que não está autorizado a passar detalhes sobre o paciente. A unidade de saúde é particular e está localizada no Setor Oeste.

A primeira-dama, Gracinha Caiado, acompanha o governador. Ela adiou uma viagem que tinha nesta quarta-feira para reuniões na Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO/ONU).

Matéria publicada no site da Revista Veja, pela jornalista Adriana Dias Lopes, informa que “Caiado já tinha uma placa obstruindo parcialmente essa artéria (cerca de 60%). O tratamento era feito com estatinas. Uma equipe médica de São Paulo irá avaliar o estado de saúde e verificar se é o caso de transferência para outro Estado”.