O  boxe masculino e feminino do Time Brasil avançou nas Olimpíadas. Beatriz Ferreira, que é campeã mundial na sua categoria de 60 kg, venceu a primeira luta, enquanto Abner Teixeira, venceu nas quartas de final e já garantiu o bronze. Ele vai para a semi-final para garantir uma vaga na luta final, onde pode ser ouro ou prata.

Abner assegurou nesta sexta-feira (30) uma medalha de bronze na Olimpíada de Tóquio(Japão) com Abner Teixeira, que avançou às semifinais da categoria até 91 quilos. O paulista, de 24 anos derrotou o jordaniano Hussein Eishaishna por decisão por 4 a 1 em decisão dos árbitros, em duelo das quartas na Arena Kokugikan, na capital  japonesa. O bronze antecipado ocorre no boxe pois não há disputa de terceiro lugar na modalidade.

O próximo adversário de Abner será o cubano Julio César La Cruz, na próxima terça (3 de agosto), às 6h50 (horário de Brasília). La Cruz foi campeão na Rio 2016 na categoria meio-pesado (até 81 kg).

O jordaniano começou com bastante agressividade no primeiro round, restando ao brasileiro se defender. Apesar disso, Abner conseguiu aplicar golpes precisos, o que contou pontos para ele. No round seguinte, o asiático tentou manter o ritmo, entretanto desacelerou ao longo da disputa. Já o paulista aproveitou e cresceu no duelo, pontuando com ataques consistentes. No terceiro e último round, foi a vez do brasileiro partir para cima e encurralar o jordaniano, que foi obrigado a ficar na defensiva. A decisão do confronto ficou nas mãos de cinco árbitros, sendo que quatro apontaram o brasileiro como vencedor e um decidiu Hussein como o vitorioso.

 

Menina boa de porrada

Também na madrugada desta sexta (30), a campeã mundial Bia Ferreira estreou com vitória nos Jogos de Tóquio e avançou às quartas de final. Atual campeã mundial, a brasileira Beatriz Ferreira fez jus às expectativas de favoritismo na briga por medalha na Olimpíada de Tóquio (Japão). A baiana atropelou na estreia a pugilista Shih-Yi Wu, de Taiwan, com vitória unânime dos juízes(5 a 0), garantindo a classificação para as quartas de final na categoria até 60 quilos.

Estreante em Olimpíadas, Bia terá como adversária nas quartas a uzbeque Raykhona Kodirova, na terça (3 de agosto) às 5h (horário de Brasília), na Kokugikan Arena, na capital japonesa.

Adeus a Tóquio 2020

Na primeira luta desta madrugada, o meio-pesado Keno Marley deu adeus aos Jogos de Tóquio nas quartas de final.  O pugilista de 21 anos foi superado pelo superado por 3 a 2 pelo britânico Benjamin Whittaker na categoria até 81 quilos. Prata em 2019 nos Jogos Pan-Americanos de Lima (Peru), Marley encerra sua primeira participação em Olimpíadas com vitória na estreia contra o chinês Daxiang Chen.

Com Agência Brasil e informações do COB