A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) já matou 1.807.638 pessoas ao redor do mundo, segundo a universidade Johns Hopins. No último dia 29 de dezembro, o número de pessoas que perderam a vida para a doença bateu um triste recorde: 15.518. A maior alta em todo o mundo havia sido registrada em 22/12, com 14.468 mortes.

Os países que lideram este triste recorde são os Estados Unidos (342 mil), Brasil (193 mil), Índia (148 mil), México (124 mil) e Itália (73 mil), de acordo com levantamento da Johns Hopkins. Na última quarta-feira (30/12), morreram 1.224 brasileiros e outros 55.853 foram infectados pela Covid-19. Ao todo, o Brasil já perdeu 193.940 vidas,  segundo dados atualizados do consórcio de imprensa.

Em todo o mundo, segundo a Johns Hopkins, há 82 milhões de casos do novo coronavírus. Os países que concentram mais casos são EUA (19 milhões), Índia (10 milhões), Brasil (7,6 milhões), Rússia (3,1 milhões) e França (2,6 milhões).

Nas últimas 24 horas o Brasil registrou 1.111 mortes por coronavírus. Os dados são do Conselho Nacional de Secretarias de Saúde (Conass) e aponta para um aumento, em relação à última segunda-feira (28), quando 431 brasileiros foram a óbito em decorrência da doença. Sobe, assim, para 192.681, o número total de mortes por covid-19 registradas no país.

Com informações da Folha de São Paulo