Em sua conta oficial no Twitter, Luiz Henrique Mandetta anunciou na tarde de hoje (16) sua demissão pelo presidente Jair Bolsonaro do cargo de ministro da Saúde. O presidente nomeou para o cargo o oncologista Nelson Teich.

Na publicação, Mandetta agradeceu pelo tempo à frente da pasta.

“Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que o nosso sistema de saúde está por enfrentar.”

Ele também agradeceu os gestores que compunham a direção do ministério.

“Agradeço a toda a equipe que esteve comigo no MS e desejo êxito ao meu sucessor no cargo de ministro da Saúde. Rogo a Deus e a Nossa Senhora Aparecida que abençoem muito o nosso país”.

Mandetta e o presidente Jair Bolsonaro já vinham divergindo sobre os caminhos para o combate à pandemia do novo coronavírus (covid-19). O ministro se alinhava às orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) pela adoção de um isolamento social mais forte, enquanto o presidente vinha defendendo a abertura do comércio como forma de evitar impactos na economia.

Médico, Mandetta foi secretário de Saúde de Mato Grosso do Sul e deputado federal pelo DEM. Ocupava o cargo de ministro da Saúde desde o início do governo Bolsonaro, em janeiro de 2019. As notícias sobre a possibilidade de ele deixar a pasta já vinham há duas semanas.

O oncologista Nelson Teich, que se reuniu com Bolsonaro, foi anunciado para assumir o cargo.

Perfil

Novo ministro da Saúde Nelson Teich

Nelson Luiz Sperle Teich, médico oncologista e empresário do setor da saúde, é um dos nomes cogitados para ocupar a pasta da Saúde, uma das mais importantes da Esplanada dos Ministérios. O Sistema único de Saúde (SUS), tem um orçamento em torno de 125 bilhões de reais, e os desafios são gigantescos. O médico chegou à campanha de Bolsonaro através do economista Paulo Guedes e ganhou espaço.

Nelson Teich, possui graduação em Medicina pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1980) com especialização em Oncologia pelo Instituto Nacional do Câncer (1990). Atualmente é Presidente da COI – Clínicas Oncológicas Integradas S.A. e Diretor Executivo da MedInsight – Decisions in Health Care. É membro do corpo editorial do American Journal of Medical Quality.

 

 

 

Com informações da Agência Brasil e do site Agenda Capital