Renato Rovai, na Revista Fórum sentencia: O presidente da República está com medo de Lula. Com a anúncio que o petista vai rodar o Brasil para falar dos desmandos que vem ocorrendo no governo federal, Jair Bolsonaro ameaça utilizar a Lei de Segurança Nacional (LSN) para incriminar o ex-presidente pelos atos públicos.

“Temos uma Lei de Segurança Nacional que está aí para ser usada. Alguns acham que os pronunciamentos, as falas desse elemento, que por ora está solto, infringem a lei. Agora, nós acionaremos a Justiça quando tivermos mais do que certeza de que ele está nesse discurso para atingir os seus objetivos”, disse Bolsonaro, em entrevista ao Antagonista, site de direita.

Um grande receio da família Bolsonaro é que o país vá às ruas, como acontece no Chile e ocorreu, onde manifestantes reivindicam mudanças no governo Sebastián Piñera. O filho do presidente, o deputado federal Euduardo Bolsonaro (PSL-SP), disse em entrevista de que se ocorrer no Brasil o que acontece no país andino, é possível reimplantar um novo AI-5.

Demissão

“Você pode ver no Chile, o presidente Piñera demitiu todos seus ministros, pediu perdão e continua a mesma coisa. Na Argentina, não houve nenhum badernaço, porque já era uma tendência a turma da Cristina voltar ao poder como voltou. Então, acredito que não tenha problema. Agora, tem que se preparar porque, na América do Sul, o Brasil é a cereja do bolo”, complementou Jair Bolsonaro, em sua entrevista ao Antagonista.