No Estádio Antônio Accioly em Goiânia, vitória do Atlético fez a virada sobre a Aparecidense ( 2×1) e garantiu vaga para a Final do Goianão 2020.
O rubro-negro campineiro é finalista do Goianão pelo 2º ano seguido. O rubronegro campineiro é finalista do Goianão pela 10ª vez nos últimos 15 anos. Em 2006 perdeu o título para o Goiás; em 2007 sagrou-se campeão em Final diante do próprio Goiás; em 2009 voltou a perder o título para o Goiás; em 2010 foi campeão em Final contra o Santa Helena; em 2011 sagrou-se bi-campeão goiano pela 1ª vez na sua história em Final novamente diante do Goiás; em 2012 perdeu o título mais uma vez em Final contra o Goiás, fato que se repetiu em 2013 de novo, em 2014 sagrou-se campeão também em Final diante do Goiás, fato que se repetiu no Goianão anterior, em 2019, cinco anos depois. O Atlético busca a sua 15ª conquista de campeão goiano e seu 2º bi-campeonato.
Seu adversário na Final, em jogo único e sem vantagem, com empate provocando decisão por pênaltis, será conhecido nesta quinta-feira, dia 18 de fevereiro de 2021, no confronto entre Jaraguá x Goianésia às 15h30 no Estádio Amintas de Freitas em Jaraguá. Qualquer que seja o classificado, a Final do Goianão 2020 será inédita.
A Final acontecerá no sábado, dia 27 de fevereiro de 2021, às 16h30 no Estádio Antônio Accioly pela maior pontuação atleticana ao longo de todo o Campeonato. A Aparecidense termina o Goianão 2020 na 4ª posição, três posições acima em relação a 2019.
Com isso, Jaraguá e Goianésia já conquistam em conjunto vaga na Copa do Brasil 2021, com o time jaraguense como estreante na competição assim como em competições nacionais.
O jogo:
No 1º tempo, 1×1, gols do zagueiro Ricardo Lima, de cabeça, aos 17’ para o time de Aparecida de Goiânia, empatando Janderson aos 44 minutos. A Aparecidense desperdiçou pênalti aos 18’ do 2º tempo por intermédio de Rodriguinho que foi defendido pelo goleiro Jean do Atlético. O gol da virada, do triunfo e da classificação atleticana para a Final do Goianão 2020 foi assinalado por Zé Roberto aos 23’ da etapa complementar.
Ficha técnica:
Gols: Ricardo Lima (cabeça) 17’ e Janderson (Atl) 44’ do 1º tempo. Zé Roberto (Atl) 23’ do 2º tempo.
Expulsão: Lucas Gazol (Apa) 12’ do 2º tempo.
Árbitro: Elmo Resende. Assistentes: Bruno Pires e Cristhian Passos.

 

Fonte: FGF – Federação Goiana de Futebol

Autor: Roberto Sampaio
Fonte: Coordenadoria Técnica