Capital tem 1.829 infectados, mas neste  1º de junho retornam as atividades as  imobiliárias, mercados públicos municipais e centros de treinamento de atletas profissionais de times oficiais de futebol.

Foi publicado na sexta-feira (29/5) o decreto nº 1113 com as regras de reabertura de alguns segmentos dentro do plano do retorno seguro de setores que tiveram as atividades suspensas em decorrência das medidas para enfrentamento e prevenção da covid-19.

A partir de segunda-feira (1º/06) retornam as imobiliárias; mercados públicos municipais e centros de treinamento de atletas profissionais de times oficiais de futebol.

A decisão foi baseada na “necessidade de permitir o retorno gradual e responsável de atividades econômicas prejudicadas pelas medidas de combate à disseminação” do vírus.

O decreto também cita que a decisão se alicerça na “análise sistemática dos indicadores epidemiológicos e de capacidade assistencial técnica realizada pela Secretaria Municipal de Saúde, bem como na Nota Técnica nº 07/2020”.

Além das imobiliárias e os treinos de atletas profissionais, o documento libera seis mercados: Rua 3; Vila Nova, Setor Pedro Ludovico; Campinas; Rua 74 e Centro Oeste. O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia (Sedetec), Walisson Lima, explica que o camelódromo do Centro não se enquadra por ser uma feira especial. “O mercado da Paranaíba e o camelódromo da Rua 4 continuam fechados”, destaca.

Os locais serão monitorados e serão permanentemente avaliadas as condições sanitárias e a aglomeração e permanência prolongada de pessoas. Também será levado em conta a capacidade assistencial do município para possível “regressão da flexibilização de que trata este Decreto a qualquer tempo, quando houver risco de agravamento do quadro epidemiológico e assistencial”.

Caberá aos estabelecimentos exigir máscara facial, disponibilizar álcool 70%, intensificar a limpeza das superfícies dos ambientes com detergente e uso de álcool e manter locais de circulação e áreas comuns com os sistemas de ar-condicionado limpos, assim como ambientes arejados e o distanciamento entre os clientes.

O horário de início de expediente e de funcionamento dos estabelecimentos será 9h para imobiliárias e horário normal para mercados públicos municipais e os centros de treinamento de atletas profissionais de times oficiais de futebol.

Confira na íntegra a Nota Técnica 07/2020 com orientações a respeito do funcionamento das imobiliárias e centros de treinamento de atletas profissionais de times oficiais de futebol, no Município de Goiânia-GO.

Números do covid19

Goiânia já registrou 1.829 casos de infecção pelo novo agente do coronavírus, segundo o Informe Epidemiológico divulgado neste sábado (30/5) pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Nas últimas 24 horas, a capital confirmou 68 testes com diagnóstico positivo.

Ainda conforme o relatório, 663 pacientes já se recuperaram totalmente da doença. O documento mostra também 60 óbitos de pacientes residentes da capital, o mesmo número registrado no Informe Epidemiológico dessa sexta-feira (30).

O novo relatório confirma ainda que a maioria dos casos está concentrada em jovens e adultos com idades entre 20 e 39 anos (44%) e 40 e 49 anos (35%). Dos 188 pacientes internados pela doença na capital, 114 necessitaram de uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Os sintomas mais comuns informados pelos 895 pacientes com investigação epidemiológica concluída são tosse (57%), febre (54%), dor de cabeça (39%), diarréia (33%) e perda de olfato (33%).

Com o número de casos aumentando diariamente, a SMS reforça a importância das ações de prevenção. “As pessoas precisam evitar aglomerações, lavar as mãos com frequência e utilizar álcool em gel”, destaca o superintendente de Vigilância em Saúde da SMS, Yves Mauro Ternes.