Na terça-feira (15), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a importação excepcional da vacina russa Sputnik V pelos estados Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Rondônia, Pará, Amapá, Paraíba e Goiás.

De acordo com o portal G1, a autorização contará com as mesmas restrições aplicadas a outros seis estados que foram autorizados a importar a vacina no início do mês.

Os sete estados recém-autorizados importarão mais 592 mil doses, enquanto outras 928 mil doses serão importadas pelo Maranhão, Bahia, Sergipe, Ceará, Pernambuco e Piauí.

Com informações do Sputnik Brasil