“Quando temos clareza que para alcançar os meus objetivos, vou precisar olhar para dentro de mim, conhecer o que me limita, quais são os meus medos, ai sim poderemos romper as barreiras e encarar a mudança de frente”.

Leia o artigo:

QUEIRA 100% DA VIDA, NADA MENOS.

Vivemos uma vida pela metade ou achando que não somos merecedores das coisas boas que ela nos oferece. Precisamos criar um sentimento de pensar 100% no que desejo fazer e não ficar vivendo uma vida meio a meio como: se der deu, se não der fica para próxima. Ou ainda uma vida mais ou menos tanto faz pra mim. Ou pensar, vou me dedicar um pouco aqui e depois mais um pouco ali e se der deu.

Quantos não vivem assim?

Por isso precisamos fazer a seguinte reflexão: Será que estou vivendo assim?

Dividimos os nossos esforços achando que vamos conquistar tudo de uma única vez. Os nossos objetivos são conquistados um de cada vez. Podemos ter dez, mas só vai conquistar um por vez. Se não entender isso, vai achar que não é capaz e não consegui enxergar qual é a real necessidade dos objetivos.

A vida requer que estejamos pronto para ação. Aquela ação que leva para direção desejada. Não aquela ação que vai criar dúvida sobre o que deseja. Sobre as suas decisões e pior sobre o que você acha que é certo para você.

Quando chegamos nesse impasse, não conseguimos mais agir. Ficamos congelados andando em círculos esperando que alguém apareça para fazer por mim. Sem contar que muitas vezes espero que a resposta surja como um estalar de dedos para confortar a mente e o coração.

O universo não tem pausa. Não desliga para recolocar os pensamentos no lugar. Ele continua girando e o que está dentro dessa órbita também não para, vai gira conforme a sua rotação.

Já o ser humano tem o poder de dar esse stop, uma pausa para reorganizar os pensamentos, mas isso só acontece quando enxerga que a vida não está sendo vivida da forma desejada.

Ao não fazer o que desejo, quando não vivo a vida que desejo, ou melhor, quando eu não sou eu, perco energia, sinto-me mais cansado, não tenho animo, vivo uma vida arrastada, trocando o dia pela noite ou à noite pelo dia, esperando que algo possa acontecer de diferente.

Quando temos clareza sobre a nossa vida, e percebemos que não estou evoluído, então chegou a hora de dar uma pausa para ajustar a rota.

Acalmar a mente, alinhar os pensamentos, os objetivos e assim voltar à ação direcionada para o que realmente quero.

Devemos usar a nossa mente ao nosso favor. Invés de receber o comando da mente, vamos mandar ações para a mente. Para cada problema que diz ter, busque três soluções para esse problema.

Correr atrás dos seus objetivos na vida, é como um jogo. Uma disputada diária contra você mesmo. Lutando contra seus fantasmas que insiste em dizer que você não serve que não vai conseguir e que precisa se conformar com a vida que vem levando, com esse tanto faz.

E para enfrentar esse jogo precisamos estar preparado para não desistir no meio do caminho. Preparado emocionalmente, fisicamente e tecnicamente.

Emocionalmente: não duvidar das decisões. Colocar em ação as decisões tomadas. Ser forte para manter firmes as decisões.

Fisicamente: exercitar o corpo para mantê-lo saudável para enfrentar os desafios que surgem com as decisões.

Tecnicamente: conhecimento para como transformar as decisões em ações. Ter pessoas ao seu ciclo que vão mostrar como seguir em frente na direção que vai levar aos seus sonhos.

Esses três fatores funcionam em conjunto, numa órbita exercitada constantemente dia a dia. Para isso preciso ter clareza e entendimento sobre a minha vida criando novos hábitos e rotinas.

Quero dar um exemplo, que é o jogo de xadrez.

Você pode saber movimentar as peças num tabuleiro, mas parar ganhar uma partida, você precisa saber para qual direção mover as peças.

Não adianta você só saber movimentar as peças.  Precisa saber para qual casa movimentar e o porquê desse movimento.

A vida é assim, não adianta você só saber que precisa andar para frente, ou seguir em frente, mas precisa saber como e qual direção você irá seguir.

Para criar esse preparo e enfrentar o jogo da vida, você precisa melhorar a sua qualidade de vida, que é sonhar melhor, se alimentar melhor, se relacionar melhor e melhorar seus pensamentos. E por fim melhorar os seus estudos (conhecimento).

Melhorando a qualidade de vida, eu melhor a minha vida?

Sim, justamente porque você vai criar uma órbita para a sua vida com novos hábitos e rotinas. Quando você busca a qualidade de vida, você irá buscar novas conexões, novas amizades, novas experiências e assim terá novos conhecimentos para ampliar a sua capacidade de mudar aquilo que não está fazendo sentido na sua vida.

Quando olhamos as pessoas que estão ao nosso redor e percebemos que são iguais ou pior que nós, então chegou a hora de abrir o seu leque e olhar outras possibilidades. Ter coragem para assumir essa necessidade de trocar as amizades, buscar novas pessoas, novos conhecimentos, novos horizontes.

Tudo isso fará sentido quando você amar a sua vida tiver amor pela sua jornada.

Gosto muito de citar os gladiadores, da antiga Roma. Eles lutavam para sobreviver, para comer, para ganhar dinheiro. Lutavam pela sua própria vida.

Quando eles entravam na arena, era para vencer independentemente do que tinham que enfrentar. Eles desprendiam a mesma força, para os pequenos, médios e grandes desafios.

Ame a sua arte, ame a sua essência, ame você, independentemente do que esteja passando nesse momento atual.

Não estou aqui querendo que você seja mais produtivo ou que atinja uma alta performance, ou que seja aquilo que não deseja.

Estou aqui para fazer com que você se reconecte com você mesmo, com seus questionamentos, com seus sonhos e desejos. Tudo que seja seu. Tudo que esteja relacionando com a sua vida e não com o externo.

A reconexão fará você buscar a sua melhor versão.

As emoções fazem parte do ser humano, mas elas não irão definir quem você é. As emoções são os momentos positivos e negativos que geramos constantemente diante as nossas realizações e frustrações.

Precisamos entender que nada é para amanhã, nenhuma mudança acontece só porque eu quero. Tudo isso é um processo de construção. Mesmo eu querendo que as coisas mudem num estalar de dedos, elas não vão mudar, se eu não entrar em ação para essa mudança.

Quando temos clareza que para alcançar os meus objetivos, vou precisar olhar para dentro de mim, conhecer o que me limita, quais são os meus medos, ai sim poderemos romper as barreiras e encarar a mudança de frente.

Como jogar xadrez, movimentar uma peça de cada vez, andar uma casa de cada vez, assim vai entender que terá dias bons e ruins e mesmo assim vai seguir em frente com muito mais disposição.

Vai entender que durante a sua jornada, vai cair e levantar para que possa seguir em frente na direção desejada.

Nós não nascemos para perder, mas você precisa perder para entender que a derrota vai fazer parte da sua vitória, do seu processo de vida.

Não viva uma vida pela metade. Viva uma vida de 100%.

Posso viver uma vida contente, mas nunca uma vida satisfeita.

André Soares
Escritor | Coach