Candidata recebe manifesto de apoio de 100 advogados no mesmo dia em que reverteu tentativa da campanha de Vanderlan de tirar do ar a sua propaganda que informa que o senador faz parte da base de apoio do presidente Bolsonaro e tem votado projetos do governo federal que ela considera que retiram direitos dos trabalhadores.

A Delegada Adriana Accorsi, candidata a prefeita da coligação Coragem para Mudar, recebeu o apoio do grupo “Juristas pela Democracia”, que entregou manifesto com assinaturas de 100 advogados respaldando a sua candidatura.

O grupo é coordenado pelos juristas Glácia Teodoro Reis, Fernanda Santos, Carlos Henrique Silva, Edilberto Dias, Raphael Salles e Júlio Anderson.

“Recebi com grande alegria o apoio do grupo Juristas pela Democracia, que fez um manifesto de apoio à minha candidatura a prefeita de Goiânia e pela minha luta pela democracia e pelo Estado Democrático de Direito na nossa cidade. O manifesto tem a assinatura de mais de 100 juristas e reafirma “o compromisso dos profissionais na luta intransigente e firme pelo retorno da democracia no Brasil, pela construção de uma cidade mais humana e para recuperar uma prática de governança com propósito de implementar políticas públicas que vão de encontro das aspirações populares”, disse a candidata.

Durante o encontro, a Delegada Adriana Accorsi comentou a decisão da Justiça, que manteve no ar a propaganda do seu horário eleitoral em que aponta o senador Vanderlan Cardoso (PP) como membro da base de apoio do presidente Jair Bolsonaro. No programa, a candidata informa que Vanderlan defende as pautas do governo Bolsonaro, entre elas a Reforma da Previdência, a Privatização do Sistema Único de Saúde.

“O senador Vanderlan Cardoso defende no Congresso Nacional a pauta do presidente Bolsonaro que tira direitos dos trabalhadores e é a favor de uma Reforma Tributária que tira dinheiro dos mais pobres e beneficia apenas os mais ricos. Ele queria censurar a divulgação daquilo que ele faz contra o povo trabalhador”, resumiu.