Por meio de sua conta no Facebook, deputada estadual e ex-candidata do PT à prefeitura de Goiânia manifestou sua intenção de votar no candidato do MDB. Ela lembrou que Maguito já trabalhou ao lado do PT em suas administrações e fez críticas a Vanderlan Cardoso, identificado por ela como apoiador das políticas do presidente Jair Bolsonaro em Goiás.

A Delegada Adriana Accorsi, ex-candidata a prefeita pelo PT manifestou seu voto em favor de Maguito Vilela neste segundo turno. Ela lembrou que Maguito já trabalhou com o PT em suas administrações. De fato, na primeira vez que foi eleito prefeito de Aparecida de Goiânia o emedebista teve como vice o ex-deputado Ozair José, a época filiado ao PT. Maguito Vilela também participou do governo do presidente Luis Inácio Lula da Silva (2003-2010), tendo sido nomeado vice-presidente do Banco do Brasil (BB), e durante esta gestão convenceu o ex-governador de São Paulo, José Serra a vender para o Banco do Brasil a Nossa Caixa (a Caixego paulista).
Adriana Accorsi criticou o candidato Vanderlan Cardoso pelo seu apoio ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e pelas declarações que fez em relação ao estado de saúde do ex-prefeito Maguito Vilela.
Não posso votar em candidato que defende os ideais de Bolsonaro, sua política do ódio, da mentira, das fake news, que vem trabalhando sistematicamente pela destruição e desconstrução das políticas sociais; pela redução dos direitos dos trabalhadores, promovendo o aumento do desemprego, da miséria e da fome no nosso país; que mostra seu descaso com a saúde pública e com a preservação do meio ambiente. Além disso, Vanderlan Cardoso tem se mostrado uma pessoa cruel e desumana, sem qualquer sentimento solidário com a dor alheia.
Confira abaixo a íntegra da declaração:
Como candidata a prefeita de Goiânia, ouvi todos os setores da sociedade e todas as regiões para apresentar projetos e propostas para resolver os problemas da cidade, mostrando como e com que recursos concretizaria cada um deles.
Ao ficar em terceiro lugar na disputa, aguardei a decisão do meu partido sobre que posicionamento tomar no segundo turno e depois de ponderar sobre o assunto decidi que meu voto será para o candidato Maguito Vilela, do MDB.
Ontem o Diretório Municipal do PT orientou seus filiados e militantes a não votar no candidato Vanderlan Cardoso e não praticar qualquer ato que contribua para sua vitória.
Liberou a militância a votar como quiser no segundo turno. Não sou favorável ao voto nulo. Acredito que não podemos nos omitir neste momento tão difícil pelo passa nossa cidade, estado e país.
Não posso votar em candidato que defende os ideiais de Bolsonaro, sua política do ódio, da mentira, das fake news, que vem trabalhando sistematicamente pela destruição e desconstrução das políticas sociais; pela redução dos direitos dos trabalhadores, promovendo o aumento do desemprego, da miséria e da fome no nosso país; que mostra seu descaso com a saúde pública e com a preservação do meio ambiente. Além disso, Vanderlan Cardoso tem se mostrado uma pessoa cruel e desumana, sem qualquer sentimento solidário com a dor alheia.
Estou na torcida pela pronta recuperação do candidato Maguito Vilela, que já trabalhou ao lado do PT em suas administrações e que ele esteja logo de volta ao convívio de todos e todas para administrar nossa capital.
Delegada Adriana Accorsi – Deputada Estadual e ex-candidata a Prefeita de Goiânia – PT