Panfletaço, bandeiraço, caravanas, bicicletaço e ato de mulheres fazem parte dos últimos atos de campanha da Delegada Adriana antes da votação de domingo.

Na reta final do primeiro turno das eleições municipais, a militância petista ocupa as ruas de Goiânia com panfletaço, bandeiraço e duas caravanas por dia em diferentes regiões da cidade.

No sábado, haverá um bicicletaço e um ato das mulheres antes de duas carreatas para fechar a campanha de primeiro turno da deputada estadual delegada Adriana Accorsi, a candidata do Partido dos Trabalhadores que está prestes a confirmar seu avanço para o segundo turno na capital goiana.

“Estamos percorrendo toda a cidade, sendo recebidos com muito carinho e reconhecimento pela população”, conta Adriana.

A nossa militância está empolgada e nós estamos indo rumo ao segundo turno, trabalhando muito, virando votos e lutando aqui contra o candidato do governador Caiado e do presidente Bolsonaro, em defesa de uma cidade progressista, democrática, que se desenvolve com a inclusão social”, diz Adriana.

 

Carreata

Uma das carreatas do sábado partirá de manhã da Praça Botafogo, no Setor Universitário, e atravessará a cidade de Leste a Oeste até o Residencial Goiânia Viva. O bairro popular, com moradias de qualidade e dignas, foi criado pelo então prefeito Darci Accorsi, pai de Adriana. À tarde, a candidata e sua militância voltarão à Região Leste de Goiânia, nos bairros onde Adriana passou a infância e adolescência e onde iniciou a militância política.

 

História de vitórias

Adriana Sauthier Accorsi é delegada de polícia há quase 21 anos. Nesse período, ela foi delegada titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Superintendente de Direitos Humanos da Secretaria da Segurança Pública de Goiás, a primeira mulher a ocupar o cargo de Delegada Geral da Polícia Civil de Goiás e ainda Secretária Municipal de Defesa Social. Está no segundo mandato como deputada estadual.

Goiânia já foi administrada três vezes pelo PT. O falecido professor Darci Accorsi foi prefeito entre 1993 e 1996, seguindo por outro professor, Pedro Wilson, entre 2001 e 2004. O médico Paulo Garcia, também já falecido, administrou a capital goiana entre 2010 e 2016. Pedro Wilson é o candidato a vice de Adriana – nestas eleições, o PT formou chapa única em Goiânia.

Energia solar e políticas de sustentabilidade

Em debate na Rádio Sabres, nesta terça (10), Adriana disse que pretende disseminar o uso da energia solar na capital. O tema foi pauta no primeiro bloco do debate, no qual os prefeitáveis foram questionados sobre o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 12, que trata sobre Consumo e Produção Responsáveis como mudança essencial nos hábitos do ser humano para garantir sua via e a do meio ambiente.

Questionada sobre sua posição, Adriana disse que, se eleita, irá atuar com educação ambiental, na coleta de materiais recicláveis e no uso de energia solar.

“Queremos promover essa educação ambiental junto às famílias de Goiânia e as empresas. A prefeitura vai fornecer toda a estrutura para a coleta dos materiais recicláveis”, declarou.

Ela também disse que pretende instalar em Goiânia uma usina para tratar resíduos sólidos em uma parceria público-privada.

 

Criar empregos

Para retomar a economia e gerar emprego e renda, Adriana propõe um Plano Emergencial de Recuperação da Economia, em parceria com o empresariado e os trabalhadores, além de envolver outros agentes que atuam no setor. Um Banco Comunitário também faz parte dos planos.

“O Banco Comunitário terá uma moeda social, que vai emprestar dinheiro com juro zero para melhorar a situação do micro e pequeno negócio ou criar um novo negócio, como uma frutaria, barbearia, doceria, salão de beleza, entre outros, valorizando a economia local”, afirma a candidata petista.

Apoio às empresas

Adriana também pretende elaborar um Programa de Recuperação de Créditos das empresas afetadas pela pandemia e promover uma ampla reforma tributária. Com o objetivo de atrair e estimular novos negócio para a cidade, vai estruturar uma rede de micro e pequenos negócios para geração de renda, com foco na economia solidária.

“Vamos tornar a cidade muito mais segura com a valorização da Guarda Civil Metropolitana, com concurso público e mais estrutura para atuar no policiamento comunitário”, afirma Adriana, que é especialista em Segurança Pública e Ciências Criminais. “Também investiremos em políticas de prevenção à violência, com ações para prevenir o envolvimento de adolescentes e jovens com a criminalidade.”

Mais médicos pediatras

Na Saúde, Adriana pretende recuperar a Rede SUS de Goiânia, para melhorar o atendimento à população na rede básica e valorizar profissionais da saúde que atuem na rede pública.

“Queremos garantir o atendimento 24 horas para as crianças, em todas as regiões da cidade e ampliar as consultas especializadas como cardiologia, endocrinologia, ortopedia e outras especialidades. Na saúde da mulher vamos garantir o recolhimento de material para o exame de prevenção ao câncer de útero”, enfatiza.

Os 13 pontos da Delegada para administrar Goiânia

Veja abaixo o Plano de Governo da Delegada Adriana Accorsi e de seu vice, o professor Pedro Wilson.

1 – SAÚDE

Fortalecer as Unidades Básicas de Saúde e ampliar as consultas especializadas e odontológicas;

Ampliar e estruturar o Programa Saúde da Família;

Valorizar os profissionais da Saúde – Unidades Pediátricas 24 horas em todas as regiões.

2 – GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA

Apoio ao setor privado para a retomada da economia e investimento no turismo de negócios;

Infraestrutura e parcerias com Arranjos Econômicos Locais (Região da 44, Polo Moveleiro Jardim Guanabara, Polo Atacadista de Campinas, Confecções Região Noroeste);

Criação do Banco Comunitário, com linhas de crédito a juro zero para micro e pequenas empresas;

Criação dos polos industriais de Reciclagem e de Lavanderias em torno do Aterro Sanitário.

3 – EDUCAÇÃO

Criação de vagas para todas as crianças. Nenhuma criança fora da escola ou do CMEI;

Valorização dos profissionais da Educação com data-base automática e piso salarial acima do nacional;

Uniforme com tênis e material escolar de graça para todos os alunos da rede municipal.

4 – TRANSPORTE PÚBLICO E MOBILIDADE

Exigir cumprimento dos contratos das empresas de transporte coletivo, para dar qualidade ao serviço, com mais ônibus, todos com acessibilidade, e em rotas que atendam às necessidades dos usuários;

Concluir a obra do BRT;

Investir em ciclovias, ciclorrotas e ciclofaixas para dar segurança a quem usa bicicleta como esporte ou meio de transporte;

Construir bicicletários e banheiros para ciclistas em terminais e pontos estratégicos da cidade.

5 – SEGURANÇA PÚBLICA

Abrir concurso para a Guarda Civil Metropolitana;

Dar estrutura e qualificação para a GCM atuar no policiamento comunitário em toda a cidade;

Implantar mil câmeras de videomonitoramento em pontos estratégicos;

Prevenir o envolvimento de adolescentes e jovens com o crime e com o uso de drogas.

6 – MEIO AMBIENTE

Retomar obras do Macambira-Anicuns e construir o Parque Linear do Palmito;

Recuperar os fundos de vale e nascentes e combater a poluição nos córregos da capital;

Aumentar a arborização da cidade e cuidar dos parques praças e jardins;

Lutar pela aprovação do Plano Diretor de Arborização, atualizar a Lei de Resíduos Sólidos e desenvolver o Plano de Drenagem.

7 – CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Projeto Cidadão do Futuro: cursos profissionalizantes gratuitos em todas as regiões para o Jovem Aprendiz a partir dos 14 anos e parceria com setor privado para ofertar o primeiro emprego aos 16 anos;

Programa Criança Protegida: Atividades culturais e escolinhas esportivas gratuitas em todas as regiões fora do horário escolar.

8 – MORADIA

Construir 30 mil casas populares em parceria com cooperativas e com o setor privado;

Programa Minha Casa Melhor para famílias de baixa renda reformar a casa;

Construir um conjunto habitacional para Pessoas Idosas com acessibilidade;

Garantir escritura dos imóveis para quem ainda não tem, priorizando mulheres chefes de família.

9 – CULTURA

Cumprir lei que assegura verba para ações culturais independentes;

Diálogo permanente com entidades e artistas;

Investir recursos em pontos de cultura e em ações culturais nos bairros.

10 – PARQUES DIGITAIS

Investir em internet, iluminação, videomonitoramento, segurança e em atividades culturais nas praças e parques para que a população aproveite mais a cidade.

11 – ESPORTE E LAZER

Criar escolinhas de iniciação esportiva gratuitas em todas as regiões, em parceira com as comunidades;

Realizar os Jogos Escolares, inclusive paradesportivos, com alunos dos CMEIS, EAJA e escolas da rede;

Investir no Esporte de Alto Rendimento, equipamentos e em profissionais de Educação Física nos espaços públicos.

12 – SERVIÇO PÚBLICO

Valorização dos servidores públicos com plano de carreira e outras melhorias;

Fortalecer o plano de saúde do servidor (IMAS);

Garantir equipamentos de proteção para os profissionais que necessitem.

13 – MULHER

Criar linha de crédito para mulheres abrirem ou desenvolverem a própria micro e pequena empresa;

Atuação da GCM no combate à violência contra a mulher;

Cursos profissionalizantes gratuitos e encaminhamento a vagas de emprego;

Fortalecer o Centro de Referência com advogado, assistente social, médico e outros profissionais para orientar e apoiar a mulher em situação vulnerável e estimular a igualdade em toda a sociedade.

Da Redação com Assessoria da campanha