Em Minas Gerais, vários atletas de Goiânia garantiram vaga para o campeonato pré-olímpico nacional que se realiza neste mês de dezembro

Jovens talentos de Goiás que participaram do  campeonato brasileiro de karatê  realizado pela CBK, com apoio da prefeitura de Contagem,  Minas Gerais, voltaram com várias medalhas na bagagem, além de garantirem vagas para o campeonato pré-olímpico,que prepara os atletas para as Olimpíadas de Tóquio em 2020, entre eles, Rondon Caiado, sobrinho do governador eleito Ronaldo Caiado, que foi ouro no Pan-Americano realizado em Lima, no Peru.
 O campeonato foi  realizado pela Confederação Brasileira de Karatê, que é a entidade oficial de administração dessa modalidade no país, filiada à Federação Internacional de Karatê (WKF) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB). ) O evento contou com um público de  600 pessoas, e  os atletas classificados garantiram participação no campeonato Pré-olímpico Nacional, que será realizado em dezembro.
Os atletas goianos são alunos do  Dojô Kanashiro e do Dojô Kaisen. Todos são federados na FGK (Federação Goiana de Karatê), na CBK (Confederação Brasileira de Karatê) e na JKA (Japan Karate Association) nas categorias Sub-12, Sub-14, Sub-16 fizeram bonito em Contagem. Eduardo Cavalcante, medalha de ouro nos brasileiro pela Confederação  Brasileira de  Karatê Interestilos, em São Paulo, também conquistou o ouro no Campeonato Brasileiro de Karatê, em Contagem (MG).
Artur Silveira que havia ganho a medalha de prata no Brasileiro JKA   levou outra  prata em Minas Gerais.. Hugo Rezende, ouro no Brasileiro CBKI, e prata no JKA, conquistou o  bronze no CBK. Enzo Rassi, prata no brasileiro CBKI  ficou com a prata em Minas Gerais. Caio Rassi Junqueira, ouro no Pan American realizado em Lima, no Peru, garantiu o bronze no brasileiro CBK. João Pedro Rodrigues, que foi bronze no brasileiro da CBKI, levou o bronze na CBK; Vitor Manoel Rodrigues, ficou com o ouro nesta modalidade, enquanto Helena Parreira Moura, trouxe a prata na mala.
Outros destaques foram Cristian Targino Steinhâuser,  ouro no Brasileiro-CBKI e ouro também no Open Internacional CBKI,  Felipe Vieira Oliveira, medalha de prata e de bronze no brasileiro da CBKI e Sophia Santos, quarto lugar no kumite da CBKI.
Com a crescente popularidade do karatê no país, esse esporte alcançou recentemente o status de modalidade olímpica para os Jogos Tóquio 2020. O Brasil se posiciona como uma das potências no karatê, com 35 medalhas conquistadas em Jogos Pan Americanos, alavancado pelas 579 medalhas internacionais conquistadas no último ciclo olímpico e pela posição de destaque no ranking mundial da Federação Internacional de karatê (WKF).
Time de medalhistas

Eduardo Cavalcante, medalha de ouro nos brasileiros CBK e CBKI

Eduardo Cavalcante, medalha de ouro nos brasileiros CBK e CBKI

Rondon Caiado Filho, Ouro no Pan Americano JKA ,em Lima, Peru
Felipe Vieira Oliveira, medalha de prata e de bronze no brasileiro da CBKI
Cristian Targino Steinhâuser, medalha de ouro no Brasileiro-CBKI e ouro no Open Internacional CBKI
Artur Silveira medalha de prata no Brasileiro JKA  e prata no Brasileiro CBK
Vitor Manoel Rodrigues, medalha de ouro no Brasileiro CBKI
João Pedro Rodrigues, Medalha de Bronze no Brasileiro CBKI
Caio Rassi Junqueira, ouro no Pan Americanl JKA, em Lima Peru e bronze no Brasileiro CBK
Helena Parreira Moura, medalha de prata no Brasileiro CBKI
Hugo Rezende, ouro no Brasileiro CBKI, prata no JKA e bronze no CBK
Enzo Rassi, prata no CBKI e prata no CBK