No New York Times, Vanessa Barbara afirma que Jair Bolsonaro planejou 1,4 milhão de mortos por covid no Brasil.

Ela afirma que esse é o montante no qual apostou o presidente caso tenha tentado acabar com a pandemia por meio da tese da imunidade de rebanho.

Para chegar ao número, Vanessa usa a hipótese de 70% da população infectada, porcentagem defendida por quem acredita na tese, e uma taxa de mortalidade de 1%.

“De sua perspectiva, os 450 mil brasileiros mortos pela Covid-19 devem parecer um trabalho nem mesmo feito pela metade”, afirma.